Conmebol divulga áudios do VAR em Grêmio x Flamengo; Braz questiona
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Conmebol divulga áudios do VAR em Grêmio x Flamengo; Braz questiona

Grêmio x Flamengo
Arbitragem de Pitana na Arena do Grêmio tem causado polêmica (Foto: Everton Pereira/Ofotografico/Lancepress!)
LANCE! - 04/10/2019 - 17:41
Assunção (PAR)
O Flamengo saiu do confronto diante do Grêmio, na última quarta-feira e pela ida das semifinais da Libertadores, na bronca por conta de decisões da arbitragem. O técnico Jorge Jesus, por exemplo, questionou o árbitro argentino Néstor Pitana, reclamou de um possível gol legal de Gabigol e da não expulsão em pisada de Michel no camisa 9 do Rubro-Negro.

E, nesta sexta-feira, através de seu site oficial, a Conmebol divulgou áudios de quatro lances analisados pelo VAR e que foram cruciais ao longo do empate em 1 a 1, em Porto Alegre. Confira os detalhes abaixo:

O primeiro foi o gol de Everton Ribeiro, na casa dos 19 minutos da etapa inicial, anulado após empurrão de Gabigol em Kannemann, no início da jogada. A jogada se encaixou em "força excessiva" do camisa 9 no zagueiro tricolor. Veja:

O segundo lance, certamente, foi o que mais causou debate e revolta nas redes sociais. No primeiro gol anulado de Gabigol, no minuto 23 e após passe de Bruno Henrique, é externado pelo árbitro de vídeo (Mauro Vigliano, da Argentina) que a linha "está tocando a chuteira branca" do goleador do Flamengo, ocasionando a posição ilegal. Veja:

O terceiro lance não teve a ver com bola na rede, mas, sim com a entrada dura de Michel em Gerson, na casa dos 37 minutos do primeiro tempo. Nesta ocasião, Pitana foi orientado pela cabine do VAR a conferir se o volante do Grêmio não mereceria um cartão vermelho. No entanto, o árbitro optou pelo amarelo pois viu o calcanhar do jogador gremista apoiado no gramado antes do impacto, o considerando como "intensidade média". Veja: 

O quarto e último lance, com 79 minutos de bola rolando, está ligada ao segundo gol em posição irregular de Gabigol, com o "joelho adiantado", em cruzamento de Willian Arão. No comunicado oficial da entidade sul-americana é reiterado que "não há limite de tempo para o processo de revisão já que a precisão é mais importante do que a rapidez". Veja:


BRAZ NA BRONCA

Logo depois da divulgação dos áudios e vídeos, Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo, seguiu a linha de muitos torcedores do clube carioca e questionou o impedimento no primeiro gol anulado de Gabigol. Confira:

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance