De virada, Athletico-PR massacra o Goiás na Arena da Baixada
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
Escudo do Athletico
4
 
-
 
1
Goiás escudo

De virada, Athletico-PR massacra o Goiás na Arena da Baixada

Athletico-PR x Goiás - Comemoração
Rony deixou o dele na goleada do Furacão (Foto: Divulgação/Athletico)
LANCE! - 27/10/2019 - 18:02
Futebol Latino
Na Arena da Baixada, o Athletico-PR levou um susto do Goiás, mas conseguiu reagir na etapa final. O Furacão precisou de apenas oito minutos para virar no segundo tempo com Léo Pereira e Rony. À frente do placar, o Athletico dominou o restante da partida, massacrando o Goiás por 4 a 1. Com o placar, o Furacão fica na oitava colocação, com 42 pontos. O Verdão é o décimo, com 38 pontos. Na próxima rodada, o Athletico-PR visita o Internacional, no Beira-Rio. Enquanto isso, o Goiás encara o Flamengo, no Serra Dourada.

Tabela
> Confira classificação e simulador clicando aqui




E MAIS:
FURACÃO NO ATAQUE
O duelo começou com o Athletico-PR presente no campo de ataque. O Furacão tentava encurralar o Goiás e usava a bola alçada na grande área para assustar. Na melhor chance, Marco Ruben, sem ângulo, cabeceou e obrigou Tadeu a praticar uma boa defesa.

RESPOSTA
Com a uma postura mais retraída, o Goiás descia pouco. Quando tinha a chance, o Verdão arriscava de fora da área. Michel e Rafael Vaz deram trabalho ao goleiro Santos. Na casa dos 34 minutos o Furacão perdeu uma chance incrível. Após chute de Cittadini, Tadeu espalmou e a bola ficou limpa com Marco Ruben, que chutou e Vaz tirou em cima da linha. Nos acréscimos o Verdão abriu o placar. No cruzamento da esquerda, Rafael Moura aproveitou o espaço na zaga rival e desviou para o fundo da rede, 1 a 0.

RETORNO FULMINANTE

No segundo tempo o Athletico voltou de maneira avassaladora. Logo aos 2 minutos, Léo Pereira aproveitou o rebote do goleiro para deixar tudo igual. O gol deu animo ao time da casa que chegou a virada cinco minutos depois. Rony foi lançado, invadiu a área e bateu no cantinho de Tadeu, 2 a 1.

NA PRESSÃO
Mesmo com a virada, o Furacão não tirou o pé do acelerado e manteve o ímpeto ofensivo. O prêmio veio com Adriano. Marco Ruben cruzou para Cittadini, que pegou de primeira e parou em Tadeu. No rebote, o lateral-esquerdo soltou o pé para comemorar, 3 a 1.

TEMPO PARA MAIS UM
Com o resultado definido, o Athletico apenas administrava o placar e via o Goiás tentando uma reação, mas pecando na desorganização na hora de construir as jogadas. No último lance do jogo, ainda deu tempo de Marco Ruben marcar o seu gol e dar números finais ao duelo

FICHA TÉCNICA
ATHLETICO-PR 4 X 1 GOIÁS


Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Data-Hora: 27/10/2019 – 16h
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Auxiliares: Alex Ang Ribeiro (SP) e Daniel Luis Marques (SP)
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (SP)
Público/renda: 11819 pagantes/R$ 196.100,00
Cartões amarelos: Khellven (ATH), (GOI)
Cartões vermelhos: –

Gols: Rafael Moura (45’/1ºT) Léo Pereira (2’/2ºT) Rony (7’/2ºT) Adriano (16’/2ºT) Marco Ruben (49’/2ºT)

ATHLETICO-PR: Santos; Khellven, Thiago Heleno, Léo Pereira e Adriano (Márcio Azevedo, aos 32/2ºT); Wellington (Camacho, aos 19/2ºT), Bruno Guimarães e Léo Cittadino; Nikão (Braian Romero, aos 28/2ºT), Rony e Marco Ruben. Técnico: Tiago Nunes.

GOIÁS: Tadeu; Yag
o Rocha, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson; Breno (Marlone, aos 21/2ºT), Yago Felipe e Léo Sena (Filipe Trindade, aos 21/2ºT); Leandro Bacia, Michel e Rafael Moura (Vinícius, aos 34/2ºT). Técnico: Ney Franco.


Facebook Lance Twitter Lance