Sem dificuldades, Athletico Paranaense estreia na Série A com vitória diante o Fortaleza
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Sem dificuldades, Athletico Paranaense estreia na Série A com vitória diante o Fortaleza

Fortaleza x Athletico-PR
(Foto: Divulgação/Twitter Athletico Paranaense)
Futebol Latino - 08/08/2020 - 21:03
Fortaleza (CE)
Na expectativa de iniciar o Brasileirão com o pé direito, a equipe do Athletico sabia que não teria vida fácil contra o Fortaleza, na noite deste sábado (8), na Arena Castelão.

No entanto, o panorama foi totalmente o oposto. Aproveitando as chances que apareceram logo no começo, o Furacão praticamente ditou o ritmo do início ao fim e, sem muitas dificuldades, garantiu seu resultado ainda no primeiro tempo, marcando com Vitinho e Léo Cittadini, fechando a conta em 2 a 0.

Com o resultado, a equipe de Dorival Júnior garantiu seus primeiros três pontos, e agora mira o duelo contra o Goiás, pela segunda rodada, na Arena da Baixada. Já os comandados de Rogério Ceni, que não conseguiram somar pontos na abertura da competição, terão a chance de recuperar-se na sequência contra o São Paulo, no Morumbi.



E MAIS:
ATHLETICO INICIA JOGO ASSUSTANDO O FORTALEZA

Mesmo jogando longe de seus domínios, a equipe paranaense não quis saber de sofrer aquela tradicional pressão inicial. Com isso, aos 2 minutos, Felipe Alves teve que mostrar serviço na tentativa de finalização de Mingotti, evitando o tento rival.

FURACÃO ABRE O PLACAR COM VITINHO

Mesmo com o Leão buscando mais o seu campo de ataque, conseguindo criar algumas jogadas com Osvaldo e Wellington Paulista, foi o time visitante quem saiu na frente. Aproveitando cruzamento de Jonathan, Vitinho só completou para o fundo da rede. 1 a 0.

NIKÃO QUASE FAZ O SEGUNDO

Embalado pelo gol marcado, a equipe do Athletico quis aproveitar o bom momento para tentar ampliar a vantagem. Com isso, aos 32, Nikão, após receber bom passe na esquerda, arriscou com perigo contra o gol do camisa 1 do Tricolor, que apenas viu a bola bater na rede pelo lado de fora.

LÉO CITTADINI MARCA E AUMENTA A VANTAGEM

Na reta final da primeira etapa, tentando levar, ao menos, um empate para os vestiários, os comandados de Rogério Ceni até chegaram a criar com Wellington Paulista, obrigando Jandrei a fazer uma defesa importante. Entretanto, praticamente no último lance antes do apito do árbitro, Léo Cittadini, aproveitando a chance após jogada individual de Vinícius Mingotti, só teve o trabalho de empurrar para o gol. 2 a 0.

SEGUNDO TEMPO COM ALTERAÇÕES

Se por um lado Dorival estava tranquilo com o resultado, do outro Rogério tentava de tudo para forçar, ao menos, um empate na Arena Castelão. Mesmo satisfeito com o time, o treinador do time paranaense optou por uma troca de volantes tirando Richard e colocando Kawan em seu lugar, enquanto Rogério renovou o gás de seu sistema ofensivo colocando Yuri César no lugar de Wellington Paulista.

FORTALEZA SE COMPLICA AINDA MAIS COM EXPULSÃO DE QUINTERO

Tendo que correr atrás do prejuízo, a situação do Leão ficou ainda mais difícil aos 22. Após agressão a Nikão, o juiz acabou aplicando o cartão vermelho para o zagueiro, deixando o time local com 10 em campo.

ATHLETICO CONTROLA O JOGO ATÉ OS MINUTOS FINAIS

Com Dorival dando oportunidade aos jovens, o Furacão praticamente não sofreu nenhuma investida do Tricolor, conseguindo manter o resultado e garantir sua primeira vitória na competição.

FICHA TÉCNICA
FORTALEZA 0x2 ATHLETICO PARANAENSE

Local: Estádio Castelão, Fortaleza (CE)
Data-Hora: 08/08/2020 - 19h (Horário de Brasília)
​Árbitro: Braulio da Silva Machado (FIFA-SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (FIFA-SC) e Éder Alexandre (CBF-SC)
VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira (CBF/SC)
​Cartões amarelos: Juninho, Felipe e Paulão (FOR); Kawan e Christian (CAP)
​Cartões vermelhos: Quintero (FOR)
Gols: Vitinho (aos 21'/1ºT) e Léo Cittadini (aos 47'/1ºT) (CAP)

FORTALEZA: Felipe Alves; Tinga, Quintero, Paulão e Bruno Melo; Juninho (Tiago Orobó, aos 32'/2ºT), Felipe e David (Jackson, aos 26'/2ºT); Romarinho (Derley, aos 32'/2ºT), Osvaldo (Marlos, aos 26'/2ºT) e Wellington Paulista (Yuri César, aos 12'/2ºT). Técnico: Rogério Ceni.

ATHLETICO PARANAENSE: Jandrei; Jonathan (Khellven, aos 17'/2ºT), Zé Ivaldo, Aguilar e Abner Vinícius; Richard (Kawan, aos 11'/2ºT), Fernando Canesin (Christian, aos 18'/2ºT) e Léo Cittadini (Carlos Eduardo, aos 35'/2ºT); Nikão, Vinicius Mingotti (Lucho González, aos 34'/2ºT) e Vitinho. Técnico: Dorival Júnior.


Facebook Lance Twitter Lance