Reunião sobre público nos estádios termina em impasse e discussão entre Caboclo e Rubens Lopes
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Reunião sobre público nos estádios termina em impasse e discussão entre Caboclo e Rubens Lopes

Maracanã
Em determinado momento, Rubens Lopes teria ditou que Caboclo 'esqueceu de tomar o Gardenal' (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
LANCE! - 24/09/2020 - 20:03
Rio de Janeiro (RJ)
A reunião entre a CBF e clubes nesta quinta-feira sobre a possibilidade dos estádios voltarem a ter público terminou em indecisão e apimentada por um bate-boca. De acordo com informações de "O Globo", o presidente da entidade máxima do futebol nacional, Rogério Caboclo, e o presidente da Ferj, Rubens Lopes, discutiram fortemente, a ponto do secretário-geral da CBF, Walter Feldman intervir e encerrar o encontro online.

Há informações de que o mandatário da Ferj teria dito que Caboclo tinha  "esquecido de tomar o Gardenal". Os clubes naquele momento divergiam sobre a volta do público.




O Flamengo defendia que os dirigentes não deveriam tomar decisão sobre o retorno. Aos olhos do Rubro-Negro, à medida que as cidades que dessem aval para a presença de torcida, os clubes deveriam usufruir automaticamente.

Porém, clubes como Palmeiras e Corinthians mantiveram a ideia de que o retorno do público deve ocorrer para todos.

Rubens Lopes levantou uma questão técnica e destacou que a reunião não poderia votar qualquer assunto, uma vez que não foi convocada no formato do conselho técnico (fórum para debater regulamentos da Série A). O dirigente também pedia mais tempo para manifestar seu posicionamento e queixou-se de falta de democracia na reunião. 

Rubens Lopes também discutiu anteriormente com o presidente do Athletico-PR, Mario Celso Petraglia, que citou "a quantidade de governadores do Rio de Janeiro presos recentemente". 

Próximo do fim da reunião, os ânimos entre Caboclo e Rubens Lopes ficaram mais acirrados. O presidente da CBF quis votar a questão de público em pauta para votação, mas o dirigente da Ferj se queixou. Após muitas idas e vindas, Feldman optou por encerrar a reunião, mantendo o impasse. 


Facebook Lance Twitter Lance