LANCE! Espresso: Abaixo à punição nas comemorações dos gols no BR
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

LANCE! Espresso: Abaixo à punição nas comemorações dos gols no BR

Palmeiras x Atlético-MG - Moisés
Moisés foi um dos punidos com cartão amarelo pela comemoração (Foto: Rodrigo Gazzanel/RM Sports)
Luiz Fernando Gomes
- 23/07/2018 - 08:25
São Paulo (SP)
Moisés ficou revoltado pelo cartão amarelo que recebeu no jogo entre Palmeiras e Atlético-MG. Autor do primeiro gol do jogo, o camisa 10 foi comemorar atrás do gol, com a câmera de um fotógrafo, e acabou punido pelo árbitro Péricles Bassols por ter demorado demais. Não foi o único, Luan também foi amarelado pelo mesmo motivo ao marcar para o Galo. Na ida para o intervalo, Moisés não se esquivou e fez duras críticas à decisão: “Vergonha. No jogo passado, já puniram o Lucas Lima. Era jogo de torcida única, tem que comemorar em algum lugar. Já não pode tirar a camisa, subir no alambrado. Se eu não puder comemorar também... Meus pais estão atrás do gol, fui comemorar com eles”, explicou. É uma triste realidade. Cada vez mais as comemorações são cerceadas pela arbitragem, matando a espontaneidade que faz parte do futebol. A questão da demora, quando se sabe que os próprios árbitros param o jogo em excesso, e que uma cobrança de falta pode levar até três minutos, não é uma boa justificativa. No fundo, trata-se, tão somente, de mais uma dessas chatices da era do politicamente correto. Uma regulamentação esdrúxula e antiesportiva que persegue o atleta no momento mais importante do jogo. Estupidez completa.

Quer ler mais opinião e informação todos os dias? O LANCE! Espresso é uma newsletter gratuita que chega de manhã ao seu e-mail, de segunda a sexta. É uma leitura rápida e saborosa como aquele cafezinho de todos os dias, que vai colocar você por dentro das principais notícias do esporte. A marca registrada do jornalismo do LANCE!, com análises e contextualização de Luiz Fernando Gomes. Clique aqui e inscreva-se.


Facebook Lance Twitter Lance