CSA bate o Avaí no Rei Pelé em jogo direto na busca para fugir do Z4
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
Escudo CSA - otimizado
3
 
-
 
1
Escudo Avaí

CSA bate o Avaí no Rei Pelé em jogo direto na busca para fugir do Z4

CSA x Avaí
Francisco Cedrim/MyPhoto Press/Divulgação CBF
Futebol Latino - 06/10/2019 - 21:02
Maceió (AL)
Em compromisso que poderia ser classificado como "do desespero" pensando na região mais baixa dentro da tabela da Série A, o CSA conseguiu fundamental triunfo por 3 a 1 diante do Avaí atuando no Estádio Rei Pelé.

Com esse placar, o Azulão do Mutange virou o 16° com 22 pontos "derrubando" o Cruzeiro para a 17ª posição enquanto os visitantes ficam em penúltimo lugar com 16 unidades. 

CHEGADA IMPORTANTE



Aos nove minutos, o confronto viu sua primeira oportunidade mais aguda onde Igor Fernandes apareceu bem do lado esquerdo no ataque avaiano e, depois de ganhar a linha de fundo, o seu cruzamento desviou na zaga adversária e Jordi precisou trabalhar espalmando pra escanteio.

BOLA NO BUSTAMANTE!

Transitando entre os setores direito e esquerdo mais avançado pela equipe da casa, o paraguaio Héctor Bustamante ia aparecendo cada vez mais no ataque e, se na primeira seu chute passou perto da trave direita de Vladimir, na segunda ele teve a pontaria precisa para dar a assistência no gol de Ricardo Bueno. Em cruzamento do lado esquerdo, ele viu a bola passar por Betão, que se esticou todo e não alcançou, chegando com clareza para o centroavante do CSA concluir bem, cruzado, para superar Vladimir.

NA REDE POR FORA DE UM LADO...

Precisando sair mais pro ataque, as linhas de marcação do time catarinense subiram e o efeito prático apareceu com o lateral-direito Léo cruzando bola muito precisa, mas João Paulo cabeceou mal e jogou na rede pelo lado de fora do gol defendido por Jordi aos 27 minutos ainda do tempo inicial.

... VLADIMIR SALVANDO DO OUTRO

Apenas dois minutos depois, outra bola alçada no campo de ataque que cruzou a grande área adversária e encontrou um homem livre de marcação se repetiu no jogo, agora para a equipe de Maceió. Bruno Alves levantou, Jonatan Gómez dominou e bateu forte com uma linda intervenção de Vladimir onde a bola quicou no solo e foi afastada prontamente pelo zagueiro Ricardo.

E MAIS:
QUE VOLTA DO INTERVALO!

Com apenas dois minutos em que a bola voltou a rolar na capital de Alagoas, uma bola que parecia fácil de se conter dentro da grande área do CSA teve Léo fintando três marcadores e, meio desajeitado, tocando para Jonathan bater de perna esquerda no canto de Jordi. Marcador igualado.

REEQUILIBRANDO AS AÇÕES

Se o princípio avaiano dessa etapa complementar apresentou melhores alternativas e até mesmo organização tática, algo exemplificado pela boa trama onde Richard Franco só não fez o segundo por centímetros que seu chute passou do lado esquerdo de Jordi, aos poucos os anfitriões conseguiram ler melhor a movimentação adversária.

Com isso, também avançaram mais na hora de marcar principalmente a saída de bola catarinense e foi nesse embalo que o inicialmente cruzamento se transformou em finalização de Dawhan defendida por Vladimir além de Jonatan Gómez, marcando Betão, travou bola afastada que virou uma finalização bastante insinuante.

VIU, MARCOU E AZULÃO NA FRENTE

Aos 22 minutos, uma bola cruzada na direção de Ricardo Bueno acabou gerando a revisão do Árbitro de Vídeo alegando suposto pênalti de Léo no centroavante. Com o árbitro Anderson Daronco avaliando e marcando o penal, Bustamante foi pra cobrança e bateu com muita precisão jogando no extremo canto esquerdo e Vladimir caiu para o lado oposto.

SAIU PRO ABAFA E PAGOU O PREÇO

Como não poderia deixar de ser, o time de Alberto Valentim passou a segunda metade do tempo complementar concentrada em atacar sem muita preocupação de proteger seu sistema defensivo. Não à toa o técnico da Azzurra colocou Vinícius Araújo e Brenner para se somarem a Caio Paulista e Jonathan no plano ofensivo.

Todavia, quem se aproveitou dessa realidade foi o CSA onde, aos 49 minutos, Jean Cléber insistiu na jogada brigada e deu condições para Apodi sair frente a frente com Vladimir e bater deslocando o arqueiro adversário. 3 a 1, placar final.

FICHA TÉCNICA
CSA 3 X 1 AVAÍ

Local:
Estádio Rei Pelé, Maceió (AL)
Data e hora: 06/10/2019 - 19h (horário de Brasília)
Árbitros: Anderson Daronco (FIFA-RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (ambos CBF-RS) 
VAR: Wagner Reway (FIFA-PB)
Cartões amarelos: Jean Cléber, Alan Costa, Alisson Safira (CSA); Betão, Mosquera, João Paulo (AVA)
Cartões vermelhos: -
Gols: Ricardo Bueno (13'/1°T), Jonathan (2'/2°T) e Jonatan Gómez (26'/2°T), Apodi (49'/2°T)

CSA: Jordi; Apodi, Alan Costa, Luciano Castán e Carlinhos; Naldo, Dawhan, Jonatan Gómez e Bustamante (Jean Cléber, no intervalo); Ricardo Bueno (Alisson Safira, aos 37'/2°T) e Bruno Alves (Warley, aos 30'/2°T). Técnico: Argel Fucks.

AVAÍ: Vladimir; Léo, Betão, Ricardo e Igor Fernandes; Mosquera (Vinicius Araújo, aos 29'/2°T), Richard Franco (Matheus Barbosa, aos 42'/2°T) e Douglas (Brenner, aos 33'/2°T); Caio Paulista, Jonathan e João Paulo. Técnico: Alberto Valentim.

placeholder
Facebook Lance Twitter Lance