Avelar marca no fim e Corinthians arranca vitória diante do Goiás
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
Escudo do Goiás
1
 
-
 
2
Escudo - Corinthians

Avelar marca no fim e Corinthians arranca vitória diante do Goiás

Alexandre Guariglia - 02/09/2020 - 21:21
São Paulo (SP)
Foi no sufoco, mas o Corinthians conseguiu uma vitória importante por 2 a 1, em cima do Goiás, fora de casa, pela sétima rodada do Brasileirão-2020. Nesta quarta-feira, a equipe de Tiago Nunes saiu na frente com gol contra de Fábio Sanches, e acabou sofrendo o empate de Vinicius Lopes no segundo tempo. Já nos acréscimos, Danilo Avelar "achou" um gol de cabeça e garantiu os três pontos para o Alvinegro, que se afasta da zona de rebaixamento.

Logo no começo do primeiro tempo, o Timão começou em cima do time da casa, criando uma boa chance de ataque aos dois minutos, em que Cantillo chutou para fora. Pouco depois os goianos responderam com uma chance de Mike, que bateu na rede pelo lado de fora da meta de Cássio. Mas os visitantes estavam melhor na partida e o adversário não conseguia sair de sua defesa.




E MAIS:
Não demorou muito para o Corinthians criar outra oportunidade, logo após uma descida do Goiás. Jô virou uma bela bola para Gustavo Mosquito na esquerda, que finalizou muito perto da trave de Tadeu. O Esmeraldino quase marcou com Daniel Bessa, em desvio de calcanhar, mas levou outro susto corintiano, quando Gil escorou para Jô, que não conseguiu finalizar.

Foi aí que mais uma vez surgiu a dupla Cantillo e Ramiro, como no clássico diante do São Paulo. O colombiano mandou um lançamento preciso para o camisa 8 dentro da área, que cruzou para o meio e Fábio Sanches, zagueiro goiano, desviou para dentro do próprio gol. O Timão abriu o placar aos 27 minutos, mas no fim da primeira etapa ainda sofreu um sufoco do adversário, que exigiu dois milagres de Cássio com os pés, evitando o empate.

Após o intervalo, Tiago Nunes voltou com Gabriel no lugar de Camacho, e Thiago Larghi colocou Ignacio jara no lugar de Keko. Mas o que mudou mesmo foi a postura das duas equipes. Ao contrário do primeiro tempo, foi o Goiás que iniciou com mais ímpeto e novamente provocou um sufoco na defesa alvinegra. Dessa vez, no bate e rebate, ninguém conseguiu finalizar firme para gol.

Goiás x Corinthians
Vitória veio no fim do jogo (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Os mandantes pareciam ter mais facilidade para achar espaço na defesa dos visitantes, apesar de o Corinthians tentar uma pressão em seu campo de ataque, quando conseguiu sucesso, Luan abriu para Fagner, livre na lateral direita, perto da área, o camisa 23 cortou para a perna esquerda e bateu para o gol, mas Tadeu fez uma grande defesa e evitou o segundo tento do Alvinegro.

Aos 19 minutos, um lance que exemplificou a desordem defensiva do Timão na segunda etapa e que causou o empate. Miguel Ferreira fez lançamento preciso em direção à área aproveitando deslocamento esperto de Vinícius Lopes, que por sua vez invadiu espaço vazio deixado pela falha de posicionamento de Gil e Gustavo Silva. O atacante do Goiás conseguiu dominar a bola dentro da área e desviou de Cássio para anotar o tento que deixou o 1 a 1 no placar.

Já com mais de 30 minutos no cronômetro, ficou claro que o Esmeraldino voltou melhor do intervalo e, mais do que isso, as alterações de Thiago Larghi foram melhores do que as de Tiago Nunes. Mesmo com alguns lances isolados, o Corinthians passou a perder a maioria das disputas, principalmente no meio-campo. Até que em um erro goiano, Léo Natel arrancou pela direita e cruzou para Luan, que finalizou, mas Tadeu defendeu, e no rebote Otero foi travado.

Quando parecia que nada mais aconteceria na partida, Otero bateu escanteio já nos acréscimos e em um movimento esquisito Danilo Avelar conseguiu cabecear para o gol e superar Tadeu, era o segundo gol corintiano na partida para arrancar uma derrota no sufoco, em um momento do duelo que o time indicava não ter mais forças para buscar o resultado positivo.

Com o resultado, o Corinthians vai a oito pontos no campeonato e se afastou da zona de rebaixamento. Agora enfrenta o Botafogo, em casa, no próximo sábado, às 19h. O Goiás, por sua vez, vai para fica com quatro pontos na tabela, com um jogo a menos do que a maioria, mas permanece no Z4. Na oitava rodada o Esmeraldino vai pegar o Sport, na Ilha do Retiro, neste domingo.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS 1 X 2 CORINTHIANS
Local:
Estádio da Serrinha, Goiânia (SP)
Data-Hora: 2/9/2020 - 19h15
Árbitro: José Mendonça da Silva Junior (PR)
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
Público/renda: Portões Fechados
Cartões amarelos: Vinicius (GOI) Otero, Fagner e Ramiro (COR)
Cartões vermelhos: -
Gols: Fábio Sanches (contra) (27'/1ºT) (0-1), Vinicius Lopes (19'/2ºT) (1-1), Danilo Avelar (46'/2ºT) (1-2)

GOIÁS: Tadeu; Pintado, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson; Sandro, Ratinho (Miguel Figueira, aos 13'/2ºT) e Daniel Bessa; Vinicius Lopes (Douglas Baggio, aos 35'/2ºT), Keko (Ignacio Jara, no intervalo) e Mike (Quevedo, aos 13'/2ºT). Técnico: Thiago Larghi.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Lucas Piton; Camacho (Gabriel, no intervalo) e Cantillo (Éderson, aos 34'/2ºT); Ramiro (Léo Natel, aos 25'/2ºT), Luan (Araos, aos 39'/2ºT) e Gustavo Silva (Otero, aos 25'/2ºT); Jô. Técnico: Tiago Nunes.

Facebook Lance Twitter Lance