Sem vencer o Athletico em Curitiba desde 2008, Botafogo tenta quebrar um longo jejum no Brasileirão
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Sem vencer o Athletico em Curitiba desde 2008, Botafogo tenta quebrar um longo jejum no Brasileirão

Paraná x Botafogo
No último mês, o Botafogo foi à Curitiba e derrotou o Paraná pela Copa do Brasil; vitória pode servir de inspiração para a equipe (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
LANCE! - 09/09/2020 - 08:00
Rio de Janeiro (RJ)
Em meio à uma maratona de jogos do Campeonato Brasileiro, o Botafogo segue em busca do equilíbrio e do crescimento da equipe na competição. Diante disso, o Glorioso volta a campo, nesta quarta, contra o Athletico-PR, na Arena da Baixada, às 17h30. No entanto, além de não vencer há quatro partidas, o time terá pela frente um longo jejum.

A última vez em que o time de General Severiano derrotou o Furacão em Curitiba foi em 2008. Na ocasião, o Alvinegro era dirigido por Ney Franco e lutava por uma vaga na Copa Libertadores. Então, no dia 3 de agosto daquele ano, a equipe venceu por 3 a 0, com gols de Lúcio Flávio, Jorge Henrique e Túlio.

No entanto, o cenário atual é outro. Com cinco empates em sete jogos, o time deixou escapar pontos preciosos neste início de campeonato. No clássico contra o Flamengo e no último sábado na casa do Corinthians, sofreu o empate no fim e diante do Fortaleza, no Castelão, também teve a chance de vencer, mas não conseguiu. 



E MAIS:
No último mês, o Botafogo foi à Curitiba e derrotou o Paraná por 2 a 1, no Durival Brito e garantiu uma vaga na quarta fase da Copa do Brasil. A vitória pode servir de inspiração para a equipe, que enfrentará um Athletico-PR em crise e sem vencer há 5 partidas. Na coletiva de imprensa após o empate contra o Corinthians, Autuori elogiou a atuação, mas destacou o erro no fim. 

- A equipe fez um belo jogo e mostra o que pode ser ao longo do campeonato. Tudo que eu falei aqui não apaga o erro que cometemos no final. Não pode acontecer. A maneira como deixamos de ganhar aqui é inaceitável. Erro nosso. Inaceitável a maneira como sofremos o gol. Mas é uma equipe que está sendo trabalhada sem tempo de treinamento - disse.

Apesar disso, Paulo Autuori acredita que a equipe possa crescer no campeonato com a evolução de seus principais jogadores como Salomon Kalou, Luís Henrique e Keisuke Honda. O marfinense ainda carece de ritmo de jogo e tende melhorar ainda mais. O japonês, por sua vez, vem jogando mais atrás, porém á encostou nos homens da frente e arriscou chutes nos jogos contra Corinthians e Coritiba.

Para o confronto desta quarta, a equipe contará com o retorno de Victor Luis, liberado pelo departamento médico, e Carlos Rentería, que foi regularizado e teve o nome divulgado no BID. Por outro lado, o técnico terá os desfalques dos atacantes Luís Henrique e Pedro Raul. 

Facebook Lance Twitter Lance