Botafogo quita atrasados de elenco e funcionários com venda de Rabello
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Botafogo quita atrasados de elenco e funcionários com venda de Rabello

  •  Nelson Mufarrej
    Nelson Mufarrej é o presidente do Botafogo. Confira a seguir outras imagens na galeria especial do LANCE! Vítor Silva/SSPress/Botafogo
  •  Helerson - Botafogo
    Helerson - Botafogo (Foto: Vítor Silva/SSPress/Botafogo)
  •  Helerson - Botafogo
    Helerson - Botafogo (Foto: Vítor Silva/SSPress/Botafogo)
  •  Igor Cássio - Botafogo
    Igor Cássio - Botafogo (Foto:
  •  Tiano Gomes e Marcos Soares
    Tiano Gomes e Marcos Soares (Foto: Flickr do Botafogo)
  •  Marcos Soares - Botafogo
    Marcos Soares - Botafogo (Foto: Reprodução / Twitter BFR)
  •  Marcos Soares - Botafogo
    Marcos Soares - Botafogo (Foto: Reprodução / Twitter BFR)
  •  Donizete Pantera Botafogo
    Donizete Pantera Botafogo Reprodução
  •  Paulo Mendes - Botafogo
    Paulo Mendes - Botafogo Fernando Soutello/AGIF
  •  Flamengo x Botafogo
    Flamengo x Botafogo Magalhaes Jr/Photopress
David Nascimento e Lazlo Dalfovo - 04/01/2019 - 20:18
Rio de Janeiro (RJ)
A concretização da venda de Igor Rabello ao Atlético-MG nesta sexta-feira possibilitou o Botafogo a quitar os salários atrasados de jogadores e funcionários. O Alvinegro estava pendente com os vencimentos de novembro, férias e 13º de 2018. A confirmação foi dada pelo vice-presidente de futebol Gustavo Noronha, em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira.

- A negociação do Igor Rabello que possibilitou o acerto salarial nesse momento. Ficamos em dia com os salários. É desconfortável ficar devendo salário. Para exigir performance máxima, precisamos colaborar com estrutura. Gabriel chegou hoje para fazer exames e estamos olhando as coisas do contrato - afirmou o dirigente sobre a negociação com o Galo, que levou Gabriel ao Botafogo.



E MAIS:
O Botafogo, agora, trabalha para os próximos pagamentos. Na terça-feira vencerá o mês de dezembro de 2018. Na segunda, terminará o recesso judiciário, o que possibilitará o clube a buscar a queda das penhoras existentes, principalmente na da venda de Matheus Fernandes penhorada pelo técnico Oswaldo de Oliveira, de mais de R$ 6 milhões. Conseguindo, o clube manterá em dia os salários.

Facebook Lance Twitter Lance