Presidente do Botafogo afirma que situação de água será normalizada
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Presidente do Botafogo afirma que situação de água será normalizada

Nelson Mufarrej - Botafogo
Nelson Mufarrej é o presidente do Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
Sergio Santana - 03/09/2019 - 13:13
Rio de Janeiro (RJ)
O Estádio Nilton Santos amanheceu sem água. Por conta do falta de pagamento, a Cedae cortou a distribuição de água na arena que o Botafogo treina e manda suas partidas. Justamente nesta terça-feira, data que marcou a renovação da concessão do estádio para o Alvinegro junto com a prefeitura.

Após o evento, realizado no Palácio da Cidade, em Botafogo, Nelson Mufarrej, presidente do Glorioso, afirmou que não há risco para os funcionários e atletas por conta da reserva e que a situação está perto de ser resolvida.

- Tem coisas que só acontecem com o Botafogo, como todos dizem. Houve um problema no fluxo de caixa que já está sendo providenciado e restabelecido. Não vai ter problema nenhum. O reservatório de água é bastante grande. Mas hoje, ou no mais tardar amanhã, a Cedae volta a ligar a água no Nilton Santos - analisou.



E MAIS:
Água à parte, o presidente comemorou a extensão do acordo da concessão do Nilton Santos, válido até abril de 2031 agora. Nelson Mufarrek fez questão de agradecer a Marcello Crivella, prefeito do Rio de Janeiro, para este cenário.

- Hoje é um dia festivo. Quero agradecer ao prefeito Crivella a prorrogação da nossa concessão. Quando o Botafogo obteve a concessão, em 2017, teve problema pelo período que o estádio ficou reivindicado. Fizemos um estudo bem estudado e com critério, que foi estendido. O Botafogo, em nome da sua torcida, dos seus sócios e dos beneméritos, agradece ao prefeito Crivella e vamos continuar trabalhando para que o estádio continue sendo tratado com carinho - afirmou.

O presidente reiterou que o estádio será importante para o futuro do Botafogo, seja o Alvinegro um clube-empresa no futuro ou não. É importante ressaltar que o clube vive a expectativa da entrada de investidores e a profissionalização do futebol para 2020.

- O estádio é sempre importante. Com o clube-empresa ou não, o Nilton Santos é importante para o estado do Rio de Janeiro. É isso que temos que levar em consideração. O Botafogo tem a sua arena - finalizou.

Facebook Lance Twitter Lance