Léo Figueiró, do Botafogo, é o novo técnico da Seleção Brasileira Sub-21
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Léo Figueiró, do Botafogo, é o novo técnico da Seleção Brasileira Sub-21

Léo Figueiró - Botafogo
Léo Figueiró vive a melhor fase de sua carreira como treinador (Foto: Leila Losilla)
LANCE! - 02/08/2019 - 17:54
Rio de Janeiro (RJ)
Eleito o melhor técnico do NBB 11, Léo Figueiró é o novo comandante da Seleção Brasileira Sub-21, que vai disputar o Sul-Americano da categoria entre os dias 12 e 17 deste mês, na Colômbia. Após o compromisso, Figueiró retorna ao Botafogo para dar início a temporada da equipe.

Após fazer história no NBB sendo o primeiro técnico estreante a ser convocado para o Jogo das Estrelas e a vencer o prêmio individual, o alvinegro, que viveu a sua temporada neste 2018/19, deu mais um passo relevante na carreira: assumir uma Seleção das categorias de base.

Desde a retomada do basquete no Botafogo, Léo é o primeiro representante alvinegro a defender a Amarelinha. O treinador agradeceu a oportunidade e falou sobre o próximo desafio.



CONVITE

- É uma honra poder representar a Seleção Brasileira, um convite irrecusável e que me deixou muito feliz. Terei a missão de ir ao Sul-Americano, montar a equipe da melhor maneira possível e disputar o título. Tenho que agradecer a CBB pela confiança e espero poder corresponder botando o Brasil no lugar mais alto.

CREDENCIADO

- Os resultados que o Botafogo teve durante a temporada, que não passaram só pelo meu trabalho, mas por toda a dedicação e talento dos atletas, da comissão técnica e do esforço da diretoria, aliados ao meu perfil para trabalhar com atletas mais jovens, acabaram me credenciando para este desafio. É uma grande responsabilidade, que acredito ter feito por merecer e vou encarar com todas as minhas forças.

PAPEL DO TÉCNICO

- Primeiramente devemos ter muita conversa, transparência e fazer com que o jogador entenda o porquê de todas as ações para extrair o melhor de todos. Eu já fui atleta e sei que quando você entende o que tá sendo pedido, o engajamento e a pegada aumentam. Então, é isso que eu tenho feito no Botafogo e o que pretendo realizar nos próximos dias. Além da parte psicológica, também levantamos estudos sobre as preferências e percentuais de acerto dos jogadores e colocamos isso dentro da quadra de uma forma que todos se ajudem a fazer o seu melhor.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance