Autuori cobra salários em dia no Botafogo para a disputa do Brasileiro
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Autuori cobra salários em dia no Botafogo para a disputa do Brasileiro

Paulo Autuori
Autuori voltou a defender visão sistêmica sobre a gestão do futebol (Vítor Silva/Botafogo)
LANCE! - 22/07/2020 - 15:53
Rio de Janeiro (RJ)
Em meio aos preparativos do Botafogo para o Campeonato Brasileiro, o técnico Paulo Autuori fez uma cobrança pública, nesta quarta-feira, para que o clube mantenha os salários em dia. Para o comandante alvinegro honrar os compromissos será essencial para um boa campanha no torneio nacional.

– Creio que estamos no caminho certo e agradeço muito à direção. Faz esforço diário para cumprir as obrigações, como salários em dia. Vou ser o guardião disso, não posso aceitar que se gaste dinheiro em contratações quando as coisas não estão ajustadas no dia a dia em relação a funcionários e jogadores. Estou aqui com objetivo de correr todos os riscos. Não pedi nenhum jogador, vou trabalhar com quem está aqui, para qualificar o núcleo de futebol do clube. Fazendo isso, vamos proporcionar uma equipe que dê orgulho aos botafoguenses, vamos tentar jogar futebol e ter comportamento competitivo como todos exigem. Nosso objetivo é clarificar essas situações e assumir as responsabilidades. Elas são minhas e vou assumir – disse o técnico à Botafogo TV.

O treinador voltou a defender sua visão sistêmica sobre a gestão do futebol no clube. Para ele é momento de deixar de pensar em contratações e valorizar os atletas formados na base do Glorioso, que possam render receitas aos cofres no futuro. 

– Se pararmos para entender que vários jogadores foram utilizados na equipe ou vendidos, se transformaram em grana para o clube saldar compromissos, seja em folha salarial ou tributos. Aí estaríamos sim valorizando o trabalho feito pela formação do clube, mesmo sem as condições ideais de infraestrutura. Quando confrontados com os rivais, a quantidade de jogadores que temos formados é significativa. Meu papel é ser guardião dessa verdade. Não gostaria da venda de jogadores apenas para dar satisfação à torcida que se está a contratar e fechar espaço para os mais jovens. Me recuso a fazer isso, enquanto estiver aqui esse tipo de contratação acabou. Acredito na qualificação do trabalho. Quantos jogadores vieram e custaram valores significativos? Poderiam ter sido usado os jogadores formados no clube. Esses valores absurdos que canalizem para o nosso futebol, para evoluir em termos estruturais. Queremos excelência nesse tipo de trabalho.


E MAIS:
Confira outros tópicos abordados por Autuori:

Integração do profissional com a base

Acho fundamental clarificar pontos que são importantes na vida do futebol do clube. Entendo o futebol hoje com visão sistêmica do todo e tendo equipe trabalhando. Estou muito satisfeito com o pessoal envolvido no futebol do clube, tanto na atividade fim quanto na atividade meio. Hoje não consigo trabalhar em um clube apenas pensando em contratar ou trazer jogadores, mas em desenvolver jogadores e novos talentos. O clube necessita do trabalho dos profissionais neste sentido. Estamos fazendo uma integração com o sub-20, mesmo com as limitações impostas pela pandemia. O objetivo é sim, a partir do momento que as coisas voltarem minimamente ao normal, ter uma integração diária, com muita comunicação. Todos os dirigentes sabem a minha visão.

Reforços

Me recuso a pedir jogadores. Há uma ideia que não tem absolutamente nada de sensato que é a que clube que melhor contrata é o que contrata em mais quantidade. “Ah, fez 14 contratações”. Isso é um grande absurdo, significa que não fez nada no passado. O objetivo é fazer contratações pontuais, de jogadores com potencial, em que acreditamos seriamente na qualidade técnica e competitiva. Para mim é muito claro, e todos que vivem o dia a dia do Botafogo sabem. Contratar jogadores do mercado estrangeiro, principalmente sul-americano com ideia de que são mais baratos e prontos, não posso aceitar. Nosso trabalho vai ser valorizar a formação do clube.

Balanço da temporada

Estou muito satisfeito em como os jogadores estão a trabalhar e outros a chegar. Com muito trabalho vamos construir equipe forte e competitiva. Não tenho dúvidas que os sinais que temos construído nos treinamentos e nos jogos são claros e positivos, demonstram tendência a ser atingida.

Amistosos com o Fluminense

Nessa ideia, esses amistosos com o Fluminense, a preliminar vamos fazer com nosso time sub-20 contra o sub-23 do Fluminense. Não estou falando de resultado ou vitória, mas de jogo coletivo, individualidades que vão aparecer e materializar as minhas palavras. São situações que me agradam muito e dão brilho nos olhos para continuar o trabalho.


Facebook Lance Twitter Lance