Amistosos contra o Flu são chance para Botafogo testar atletas da base
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Amistosos contra o Flu são chance para Botafogo testar atletas da base

Matheus Nascimento
Vítor Silva/Botafogo
LANCE! - 22/07/2020 - 06:00
Rio de Janeiro (RJ)
De olho nas respectivas estreias no Campeonato Brasileiro, Botafogo e Fluminense aproveitaram a aproximação das diretorias no final do Carioca para agendar amistosos para os próximos dois sábados. As partidas podem ser uma oportunidades para o técnico Paulo Autuori testar jovens da base alvinegra visando a disputa do torneio nacional. Com o calendários de outras categorias ainda indefinidos, alguns atletas foram convidados a treinar com o elenco principal do Glorioso. 

Entre os nomes da nova safra, Matheus Nascimento, de 16 anos é o que mais tem chances de entrar em campo contra o Tricolor, no próximo sábado. Será a primeira oportunidade para grande parte dos torcedores acompanharem o atacante, que treina há mais de um mês entre os profissionais.

Visto como grande promessa no clube, ele firmou o primeiro contrato profissional até  junho de 2023, com multa milionária de R$ 150 milhões para o futebol brasileiro e 50 milhões de euros para o exterior (cerca de R$ 300 milhões na cotação atual).


Além de Nascimento, o zagueiro Sousa foi mais um jovem integrado de forma definitiva ao elenco principal, após a confirmação da saída de Joel Carli. Também foram promovidos o goleiro Andrew, o zagueiro Wesley, os volantes Wendell, Michel e Romildo e os atacantes Ênio, Vitinho e Marquinhos

Autuori é adepto de uma visão sistêmica do futebol, em que categorias inferiores e a principal seriam parte de um todo, sem divisões. Com o calendários das competições de base ainda sem retorno definido para este ano, muitos dos atletas passaram a integrar o grupo que treina diariamente no Nilton Santos, desde junho.

O lateral-esquerdo Hugo, de apenas 18 anos, é um deles. O garoto é visto como capaz de render boas cifras aos cofres do clube e vem sendo observado de perto pela comissão técnica, em especial pela carência de nomes convincentes na posição. No início do mês ele foi, inclusive, alvo de interesse do Al Wahda, nos Emirados Árabes, que tentou levá-lo para um período de testes, sem sucesso.

Em dificuldades financeiras, o Botafogo tem recorrido à base nos últimos anos, enquanto aguarda a transição para o modelo de gestão clube-empresa. No Brasileirão de 2019 terminou como a equipe que mais deu oportunidades à jovens formados nas categorias inferiores. Teve a utilização de 15 atletas, entre eles, Luís Henrique, um dos principais nomes a equipe na atual temporada.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance