Com empate em 2 a 2 diante o Juazeirense, Bahia garante vaga na decisão do Estadual
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Com empate em 2 a 2 diante o Juazeirense, Bahia garante vaga na decisão do Estadual

Futebol Latino - 02/08/2020 - 18:10
Salvador (BA)
Se por um lado a torcida do Bahia decepcionou-se com a derrota para o Ceará no primeiro jogo da decisão da Copa do Nordeste, neste domingo (2) e história foi outra.

Dessa vez, a equipe comandada por Roger Machado eliminou o Jacuipense ao empatar o duelo da volta em 2 a 2, e terá mais um decisão pela frente, dessa vez pelo Estadual. O adversário será o Atlético, que, por sua vez, eliminou o Juazeirense.



E MAIS:
PRIMEIRO TEMPO

Na expectativa de tentar chegar em mais uma decisão do Estadual, o Bahia não quis saber de dar chances ao Jacuipense. Antes dos 10 minutos completados, o time de Roger Machado até mostrou-se mais ativo em campo, porém não conseguia oferecer perigo ao gol defendido por Luan.

Até meados dos 20 minutos, o Tricolor ainda sofreu um susto no chute de Wesley Popó, quase deixando o Leão à frente. Porém, sem desanimar, o Bahia tratou de ir pra cima e Saldanha acabou perdendo uma grande chance de marcar o primeiro no jogo.

Ainda demonstrando vontade, aos 35  a equipe da capital conseguiu tirar o zero do marcador. Após passe de Saldanha, Jadson arriscou um chute forte e a bola estufou as redes. 1 a 0.

Aproveitando o momento, o Bahia passou a buscar mais o ataque. Sendo assim, na sequência, por muito pouco Saldanha não conseguiu ampliar ainda mais a vantagem, e antes do término da etapa, outra vez o atacante teve a chance, mas não conseguiu concluir em gol.

SEGUNDO TEMPO

Correndo atrás do prejuízo, o Leão tinha como adversário o relógio que parecia andar mais rápido. Com isso, passou a oferecer mais perigo ao gol de Mateus Claus, na esperança de descontar no placar, como nas tentativas de Thiaguinho e Rafael Bastos, assustando o sistema defensivo do time de Roger.

Com o tempo passando, o Bahia ainda conseguia surgir com perigo na área do rival. Em oportunidades geradas por Marco Antônio, o atleta acabou perdendo a chance de ampliar o marcador, dando a deixa para Rafael Bastos, que, dessa vez, em uma cobrança de falta empatou o duelo. 1 a 1.

E o tento parece ter colocado fogo no jogo. Na sequência, o Bahia não deixou barato e descontou com Jeferson Douglas, porém, não deu nem tempo para comemorar e o Jacuipense tratou de igualar novamente, agora com Raniele. 2 a 2.

Na reta final do confronto, pouco os dois times criaram. Com isso, foi a deixa para a arbitragem colocar um ponto final no estádio do Pituaçu.

Facebook Lance Twitter Lance