Quando ainda estava ligado ao Cruzeiro, Edilson pediu para ser contratado pelo Avaí
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Quando ainda estava ligado ao Cruzeiro, Edilson pediu para ser contratado pelo Avaí

Edílson deu uma entrada dura em Nico López, gerando sua expulsão do duelo com o Colorado
Vinnicius Silva/Cruzeiro
Futebol Latino - 18/06/2020 - 10:35
Florianópolis (SC)
Atualmente, o lateral-direito Edilson não está mais ligado a equipe do Cruzeiro. Contudo, quando o vínculo entre as partes anda era vigente, o atleta teria entrado em contato com o Avaí no início de 2020 para reforçar o plantel catarinense.

Em entrevista concedida a rádio CBN, o presidente Azurra, Francisco José Battistotti, afirmou com todas as letras que o gerente de futebol (o ex-jogador Marquinhos) recebeu uma ligação do próprio Edílson pedindo para que o Leão da Ressacada tentasse sua chegada junto ao time de Minas Gerais.

Entretanto, a transação sequer avançou de patamar pelo fato de que, na oportunidade, o clube de Florianópolis estava em situação financeira "no limite" de honrar seus compromissos, fator que inviabilizaria maiores investimentos como para trazer Edilson, por exemplo.



- Antes de o Edilson sair (do Cruzeiro) ele ligou para o galego (Marquinhos, gerente de futebol do Avaí) e pediu: ‘Me leva para o Avaí’. O galego veio até mim, disse ‘pô, presidente’. Eu disse, ‘galego, eu estou com o copo transbordando. Quem é que não quer trazer o Robinho ou Edílson? Mas o copo está transbordando’. Se eles vieram com a realidade do Avaí, como veio Ralf e Valdívia, tudo bem. Mas se não for na realidade, nós vamos aguardar - esclareceu o mandatário do Avaí.

Na mesma entrevista, Battistotti também comentou, em tom de cobrança, sobre a dívida que outro clube de Minas Gerais, o Atlético, possui junto ao clube em relação a ida do lateral-direito Guga para Belo Horizonte que foi acertada no fim de 2018:

- Essa pandemia vai mudar o futebol. Os caras vão pensar duas vezes. Tem time que está me devendo e está contratando, mas não me paga. Não irei ter essa irresponsabilidade de contratar se eu não tenho condições de pagar. É o Atlético-MG (que está me devendo). Estou ameaçando fazer uma denúncia neles, já que estão me devendo um valor que é 30% da última parcela, que não pagaram. Estou querendo denunciar na CBF e vou fazer isso.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance