Vagner Mancini se dá a 'missão' de recuperar Ricardo Oliveira no Galo
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Vagner Mancini se dá a 'missão' de recuperar Ricardo Oliveira no Galo

Flamengo x Atlético-MG - Ricardo Oliveira e Arão
Ricardo ainda desperta o desejo dos treinadores do Galo em tê-lo na sua melhor forma técnica em campo- (Bruno Cantini / Atlético)
Valinor Conteúdo - 26/10/2019 - 18:29
Belo Horizonte
A chegada de um novo treinador em qualquer clube cria expectativas no elenco de jogadores, pois vislumbram que pode haver mudanças positivas, como ter novas chances no time ou recuperar o bom futebol.

No caso de Vagner Mancini, que assumiu o Atlético-MG há quase duas semanas, o objetivo é trazer de volta o bom jogo do atacante Ricardo Oliveira, que ainda é o artilheiro da equipe no ano com 14 gols, mas vive um jejum de gols, tendo marcado pela última vez na 14ª rodada, no duelo contra o Fluminense, vencido pelo alvinegro por 2 a 1, no Independência.

Mancini trata o caso de Ricardo Oliveira e de outros jogadores, como Maicon Bolt e Zé Welison, como um novo começo para eles sob o seu comando, afirmando que eles não tiveram muitas chances ainda sob o seu comando.



E MAIS:
-Penso na recuperação de Ricardo Oliveira. Não tenha dúvida. O Ricardo representa para a gente uma técnica extremamente apurada dentro da área. É um atleta dotado de muita capacidade de finalização com ambos os pés, jogo aéreo- disse- Vagner Mancini que fez uma avaliação do camisa 9 de 39 anos.

- É um atleta que tem um pouco de dificuldade de jogar de costas, mas tem diagonais incríveis, e ele facilita muito a chegada do meia, porque dá opção. Atleta que já jogou e ainda joga em alto nível. Entrou contra o CSA, mudou a partida ao meu ver. Daqui até o fim do ano faltam 11 jogos e, invariavelmente, em cada jogo vou ter um ou outro de fora. Preciso ter todo o grupo alinhado com o que eu penso. Às vezes, não dá tempo de passar em campo o que eu quero. Às vezes, na conversa dá para acelerar esse processo - explicou Vagner Mancini.

A tentativa de trazer Ricardo Oliveira para o seu melhor em campo pode ser fruto das falhas dos outros atacantes atleticanos que não emplacaram como titular, casos de Alerrandro e Papagaio, que já deixou o clube. Di Santo tem tido chances, mas ainda balançou as redes poucas vezes, marcando apeans três gols em 12 jogos com a camisa atleticana. 


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance