Técnico e colegas defendem Cleiton por vacilo que gerou o gol do Timão
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Técnico e colegas defendem Cleiton por vacilo que gerou o gol do Timão

Corinthians x Atlético-MG - Ricardo Oliveira
Apesar do vacilo na defesa, o ataque atleticano não conseguiu converter em gols as chances criadas- (Foto: Bruno Cantini / Atlético)
Valinor Conteúdo - 01/09/2019 - 21:31
Belo Horizonte
O goleiro Cleiton vinha em uma sequência muito boa no Atlético-MG, deixando o ídolo e experiente Victor no banco de reservas. Cleiton viveu o outro lado da moeda quando se atua na posição mais ingrata do futebol. O vacilo que deu no fim do jogo, ao errar um passe que originou o gol do Corinthians, determinou a derrota atleticana na arena corintiana.

O Galo caiu para a sétima posição na classificação, com 27 pontos se distanciando o G4 do campeonato, enquanto o Timão subiu para terceira colocação. Apesar de ser responsável direto pelo revés, o técnico Rodrigo Santana e o lateral Fábio Santos evitaram crucificar o arqueiro, pois vinha de boa atuação no jogo.

-Faz parte, a equipe fez bom jogo. Empate seria justo. Vai servir de amadurecimento para o Cleiton. Tem muito jogo pela frente ainda- disse Fábio Santos.

E MAIS:
Rodrigo Santana também evitou fazer críticas diretas ao goleiro e preferiu dar confiança ao jogador.

-Isso acontece, não será o primeiro erro dele. A culpa não é apenas do Cleiton, deixamos de fazer gol lá na frente. Quando ganha, são todos. Quando perde, também- explicou Santana.

O Galo volta a campo no dia 8 de setembro, às 16h, no Nilton Santos, contra o Botafogo, pela 18ª rodada do Brasileirão.




E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance