Atlético-MG põe 'um pé' na final do Mineiro ao vencer o Tombense no duelo de ida das semifinais
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
escudotombensecerto
0
 
-
 
3
escudo mobile otimizado atletico mg

Atlético-MG põe 'um pé' na final do Mineiro ao vencer o Tombense no duelo de ida das semifinais

Valinor Conteúdo - 01/05/2021 - 18:26
Belo Horizonte
Sem muitas dificuldades, o Atlético-MG venceu o Tombense por 3 a 0, gols de Hyoran, Guga e Hulk, pelo jogo de ida das semifinais do Campeonato Mineiro 2021. O duelo foi neste sábado, 1º de maio, no Independência. A partida de volta será no dia 8 de maio, no Mineirão, com mando do Alvinegro.

A equipe atleticana entrou com uma formação alternativa, mas muito forte, que teve futebol suficiente para superar a equipe de Tombos, que tentou segurar o rival, mas não teve forças para evitar a derrota no Horto.

Com o resultado, o Galo pode perder por três gols de diferença, que ainda se classificará às finais do Estadual. Para o Tombense, somente um pequeno milagre lhe dará a vaga. Fazer quatro gols de diferença sobre o Atlético para ir à decisão. O Galo está praticamente na final pela 15ª vez seguida 

Destaque também para o golaço de Hulk, de fora da área, e as duas grandes defesas do goleiro Matheus Mendes, que teve de entrar no lugar de Everson, expulso após cometer um pênalti depois de mais uma vacilo de Tchê Tchê perto da área alvinegra.

Times “misto”, mas forte

Cuca poupou alguns titulares pensando no duelo diante do Cerro Porteño-PAR, na próxima terça-feira, 4 de maio, pela Libertadores. Mesmo assim, o técnico escalou uma formação forte contra o Tombense. Elenco forte e variado ajuda muito nessas horas de administrar as competições.


E MAIS:
O Galo pode perder por até três gols de diferença que avançará às finais do Mineiro
Galo abriu boa vantagem na semifinal (Pedro Souza/Atlético-MG)
Hyoran e Guga marcam ainda no primeiro tempo e resolvem logo a partida para o Galo

O Tombense tinha a estratégia de segurar o Galo o máximo que pudesse para buscar uma bola no ataque. Porém, antes dos 30 minutos da etapa inicial, o esquema já havia ido por terra. Hyoran abriu o placar, jogando no ataque, após passe de Hulk. Minutos depois o próprio Hulk sofreu pênalti, que foi convertido por Guga.

Golaço de Hulk, que vai se “soltando” no Galo

O atacante alvinegro se descolou do zagueiro do Tombense e emendou um chutaço de fora da área, no alto do canto esquerdo do goleiro Felipe Garcia. Terceiro gol em dois jogos de Hulk pelo alvinegro.

Tchê Tchê vacila e Everson é obrigado a cometer pênalti

Pelo segundo jogo seguido, Tchê Tchê perdeu uma bola fácil perto da área, que poderia ter sido recuada para Everson. Keké roubou a bola, avançou e o goleiro alvinegro foi obrigado a cometer a penalidade e acabou expulso.

Matheus Mendes brilha

Tendo de entrar em um momento tenso do jogo, o jovem goleiro pegou o pênalti de Keké, e no rebote, houve nova defesa do arqueiro alvinegro. Matheus irá jogar a partida de volta, já que Everson estará suspenso pela expulsão. Foi a segunda penalidade perdida pelo Tombense contra o Galo no campeonato. Em ambas (uma na primeira fase), Rubens e Keké optaram por “dançar” na frente dos goleiros, ao invés de se concentrarem na cobrança.

Bom jogo para movimentar o elenco

Cuca teve a chance de observar alguns jogadores mais de perto. Não pôde contar com Marrony e Calebe, que se lesionaram, mas viu Hyoran no ataque e Dodô na lateral esquerda. Foi um dia para rodar o elenco e ficar atento às opções de jogo. A boa performance de Matheus Mendes dá mais uma opção para Cuca, que conta agora com mais um goleiro de qualidade no elenco. 

Próximos jogos

Tombense e Atlético-MG farão o segundo jogo da semifinal mineira no próximo sábado, 8 de maio, às 16h30, no Mineirão. Antes, no dia 4, terça-feira, o Galo recebe o Cerro Porteño-PAR pela terceira rodada do Grupo H da Libertadores. O duelo será no Mineirão, às 19h15.


FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

TOMBENSE 0 X 3 ATLÉTICO-MG
Data: 1º de maio de 2021
Horário: 16h30 (de Brasília)
Local: Estádio Independência, Belo Horizonte(MG)
Árbitro: Wanderson Alves de Souza
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Fernanda Nandrea Gomes
VAR: Igor Junio Benevenuto
Cartões amarelos: Keké(TOM), Dodô (ATL), Allan (ATL)
Cartões vermelhos: Everson(ATL)
Gols: Hyoran, aos 15’-1ºT(0-1), Guga (pênalti), aos 21’-1ºT(0-2), Hulk, aos 16’-2ºT(0-3)
 
TOMBENSE (Técnico: Rafael Guanaes)

Felipe Garcia, David, Wesley, Arthur e Manoel; Rodrigo, Pablo (Caique-intervalo), Paulinho Dias (Marquinhos-intervalo); Jhemerson (Jean Lucas, aos 23’-2ºT), Rubens e Keké (Matheus Paquetá, aos 45’-2ºT).

ATLÉTICO-MG (Técnico: Cuca)

Everson, Guga, Réver, Junior Alonso e Dodô, Allan (Alan Franco, aos 36’-2ºT), Tchê Tchê e Nathan (Matheus Mendes, aos 27’-2ºT), Hyoran (Diego Tardelli, aos 40’-2ºT); Savarino (Igor Rabello, aos 37’-2ºT) e Hulk (Sasha, aos 27’-2ºT)



E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance