Atlético-MG multa Guga por comemoração e o reintegra ao elenco
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Atlético-MG multa Guga por comemoração e o reintegra ao elenco

Rui Costa, novo diretor de futebol do Galo, acha exagerado o favoritismo dado do Cruzeiro na final do Mineiro
Rui Costa, diretor de futebol, falou em nome da diretoria sobre o ocorrido com o lateral-direito Guga-(Bruno Cantini/Atlético-MG)
Valinor Conteúdo - 25/11/2019 - 19:00
Belo Horizonte
O Atlético-MG se posicionou sobre o afastamento do lateral-direito Guga, que postou um vídeo comemorando o título do Flamengo na Libertadores, no último sábado, 23 de novembro. A postagem pegou mal para o jogador, que foi retirado da concentração para o duelo contra o Athletico-PR, além de ter recebido várias críticas nas redes sociais.

O diretor de futebol do Galo, Rui Costa, teve uma longa conversa com o jogador, que foi multado em parte do seu salário. Costa contou que Guga admitiu o “grave erro”. O pai e o representante do lateral também participaram da reunião e ficou definida a reintegração do atleta ao elenco do Galo.


- Vamos fazer um breve pronunciamento do atleta Guga. Todos sabem que o Guga cometeu, na concentração, um grave erro. Um erro que teve repercussão imediata. A decisão de tirar ele da concentração e do jogo foi imediata e creio do tamanho do ato que ele cometeu- disse, para concluir em seguida.

- Tivemos reunião da quase duas horas e meia. Ele está absolutamente ciente que o ato, que não foi intencional, mas foi ato de consequência extremamente grave do ponto de vista da relação com a torcida, clube, companheiros, da presidência. Ele viveu nas últimas, 72h, 48h toda a pressão e todo o aspecto pedagógico do ato que ele cometeu. Penso que isso está muito claro para ele, para seus familiares, dos representantes. Tivemos reunião com o pai dele, do seu representante. Todos mobilizados para tentar minimizar os efeitos do ato, já que não vão conseguir eliminar- disse.



Ver essa foto no Instagram

Minhas sinceras desculpas.

Uma publicação compartilhada por Guga Rodrigues (@guga98oficial) em

E MAIS:
Guga chegou ao Galo no início de 2019, custando R$ 7,5 milhões após boa Série B feita no time catarinense. O contrato do lateral vai até 2023. Rui Costa relativizou a idade de Guga e como o fato o deixou abalado.

- O atleta tem 21 anos, já admitiu que errou e fez um pedido de desculpas muito sincero, o mesmo que ele fez na minha frente, com até mais emoção. Ele está muito impactado emocionalmente. Nosso papel aqui como representante do futebol é ser duro quando o jogador descumpre com as regras mínimas. Mas é um atleta de 21 anos que entende o que aconteceu e a única forma de reconstruir a relação com a torcida do Galo é em campo.

Rui Costa encerrou o comunicado, afirmando o retorno de Guga aos trabalhos com o restante do grupo atleticano, que o recebeu bem, sem julgamento, apenas com conversa.

- Por isso que, a partir de hoje, ele já retoma às atividades profissionais. É um ativo do clube, tem contrato longo. Ouvi várias especulações de que ele seria afastado, que o contrato seria rescindido. Evidentemente não se pode fazer isso. Ele é um ativo do clube. Foi através do Galo que ele chegou à seleção olímpica brasileira. Ou seja, ele cumpriu a punição imediata que é deixar de ir para o jogo. E mais do que isso, ele recebe uma carga de peso pelo ato que cometeu quando se torna pública a retirada dele do jogo. E ele será punido financeiramente, porque isso é praxe do clube, que detém uma cartilha. Isso irá acontecer- concluiu Rui Costa. 



E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance