Atlético-MG joga bem, derrota o América-MG e fica a um empate da final do Campeonato Mineiro
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
escudo mobile otimizado atletico mg
2
 
-
 
1
Escudo - América-MG

Atlético-MG joga bem, derrota o América-MG e fica a um empate da final do Campeonato Mineiro

Galo e Coelho
Galo e Coelho-fizeram outro duelo equilibrado no Mineiro. Ao time alvinegro, um empate basta para chegar à decisão do Estadual-(Mourão Panda/América-MG)
Valinor Conteúdo - 02/08/2020 - 18:00
Belo Horizonte
Atlético-MG e América-MG repetiram a dose do dia 26 de julho, fazendo um clássico de bom nível, movimentado, pelo jogo de ida das semifinais do Campeonato Mineiro. Desta vez, o duelo terminou com vitória alvinegra por 2 a 1, gols de Jair e Nathan, com Ademir descontando para o Coelho.

Outra semelhança da partida anterior foi a mudança de postura dos dois times do primeiro para o segundo tempo, com um Galo dominante na etapa inicial, com o Coelho equilibrando no segundo tempo.

Porém, a grande diferença do outro duelo é que mesmo com uma queda de ritmo no segundo tempo, o Atlético conseguiu se manter mais estável durante a maior parte do jogo, demonstrando clara evolução.

Com o resultado, o Atlético-MG precisará apenas de um empate para chegar à final. Todavia, o confronto não está decidido, pois se o América-MG vencer por um gol de diferença, estará na decisão do Estadual, já que joga por resultados iguais ou com o mesmo saldo de gols.

Um Galo dominador

O time de jorge Sampaoli parece ganhar “corpo” a cada partida. O tipo de jogo, sempre com aproximação dos jogadores, dando opção de passe, sem “rifar” a bola, dá indícios de encaixe da equipe. A performance atleticana no primeiro tempo foi sem dar muita margem para reação do América. O Galo ficou com mais de 80% de posse da bola. E o resultado foi o Atlético-MG na frente do placar.

Vacilo de Airton, Jair abre o placar

O Galo já estava melhor no jogo, mas o Coelho deu uma ajudinha para o zero sair do placar do Mineirão. Em cobrança de falta pelo lado direito, o arqueiro Airton saiu “catando borboleta” e Jair só teve o trabalho de empurrar a bola para dentro. Um merecido 1 a 0 para o Atlético.


E MAIS:
Ademir tenta a reação, mas falha na finalização

Se o troca de passes do Galo está se ajustando, a defesa ainda precisa de uma coordenação melhor. A marcação “alta” do alvinegro gera espaços para contra-ataques. E o América quase chegou ao gol em um lance com Ademir, que cortou Junior Alonso, mas bateu em cima de Réver.

Keno, Arana e Marrony se entendendo bem. Gol de Nathan

Guilherme Arana roubou uma bola no meio de campo e rolou para Marrony, que cruzou na medida para Nathan, sozinho, marcar o segundo gol atleticano. O Galo segurou o ímpeto do Coelho na etapa inicial.

Volta corajosa do América. Ademir diminui

O Coelho mudou a postura de jogo no início do segundo tempo e avançou suas linhas de ataque com as entradas de Vitão e Matheusinho. O resultado foi o gol de Ademir em boa trama do ataque americano. O Coelho entrava de novo na partida.

Ademir quase empata

O jogador do América começou a dar trabalho à defesa do Galo e apareceu cara a cara com Rafael e não marcou o gol de empate graças à intervenção de Réver.

Ele voltou! O VAR interfere em lance de impedimento

O VAR interviu no jogo, de forma correta, ao anular o gol de Marrony, que cabeceou sozinho na área americana após uma dividida de Guga com Juninho. Seria o terceiro gol do Atlético.

Reação parecida com a do primeiro clássico

O América-MG, assim como no jogo do dia 26 de julho, voltou melhor para o segundo tempo, segurando o Atlético em vários momentos. Mas, o time de Lisca só buscou melhor sorte na partida por estar atrás no placar. Não “propôs” o jogo quando estava 0 a 0. Já o Galo vive outra “síndrome do segundo tempo”, quando o time cai de produção e fica a mercê do ataque rival.

Marrony perde a chance de “matar” o jogo

O jovem atacante ficou na marca do pênalti, arrumou o corpo, fez pose, mas na hora de finalizar, mandou por cima do gol de Airton.

Duelo de volta

A decisão de quem irá a final do Campeonato Mineiro será na quarta-feira, 5 de agosto, às 21h30, no Independência, que terá rodada dupla. Antes, às 16h, Tombense e Caldense, farão a outra semifinal que indicará quem disputará o título Estadual de 2020.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 2 x 1 AMÉRICA-MG
Data-hora: 2 de agosto de 2020, às 16h(De Brasília)
Estádio: Mineirão, Belo Horizonte(MG)
Árbitro: Ronei Cândido Alves
Assistentes: Marcus Vinicius Gomes e Felipe Alan Costa de Oliveira
Cartões amarelos: Zé Ricardo(AME),Sampaoli(Téc/ATL), Jair(ATL), Guilherme Arana(ATL), Ademir(AME), Geovane(AME), Lisca(Téc/AME)
Cartões vermelhos:
Gols: Jair, aos 19’-1ºT(1-0), Nathan, aos 40’-1ºT(2-0), Ademir, aos 5’-2ºT(2-1)

Atlético-MG: Rafael; Guga(Maílton, aos 33’-2ºT), Junior Alonso, Réver e Guilherme Arana; Allan, Jair(Hyoran, aos 8’-2ºT) e Nathan; Savarino(Otero, aos 33’-2ºT), Keno(Marquinhos, aos 20’-2ºT) e Marrony. Técnico: Jorge Sampaoli

América-MG: Airton; Leandro Silva(Léo Passos, aos 40’-2ºT), Eduardo Bauermann, Messias e Sávio(Matheusinho-intervalo); Zé Ricardo(Geovane, aos 28’-2ºT), Juninho, João Paulo e Alê; Felipe Augusto(Vitão-intervalo) e Ademir(Diego Ferreira, aos 28’-2ºT). Técnico: Lisca


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance