Atlético-MG inicia oficialmente as obras do seu estádio
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Atlético-MG inicia oficialmente as obras do seu estádio

Arena MRV ainda tem pendências com órgãos municipais e estaduais
Reprodução/Atlético-MG
Valinor Conteúdo - 20/04/2020 - 14:01
Belo Horizonte
Agora é oficial! Os torcedores do Atlético-MG estão felizes, pois as obras do estádio do clube, a Arena MRV, deu o seu pontapé inicial nesta segunda-feira, 20 de abril, no terreno que fica no bairro Califórnia, região Noroeste de Belo Horizonte.

O início da empreitada foi comemorada por dirigentes e principalmente pelos torcedores, que consideram o erguimento da arena um novo capítulo na história alvinegra.

As máquinas começaram a fazer a terraplanagem do terreno, que foi chamada de “marco zero”. Mas as máquinas já estavam em trabalho, quando haviam ajudado a plantar palmeiras no local, como prevê o projeto ambiental.

A Arena MRV tem previsão de entrega para 2022 e terá capacidade para 46 mil torcedores. Segundo o clube alvinegro, os recursos para a obra já estão 100% garantidos para a execução das obras.

-É um momento muito especial para a massa atleticana. Nosso sonho de ter um estádio próprio começa, efetivamente, a se tornar realidade. É um grande presente e um orgulho enorme para todos os atleticanos. Agradeço, de coração, a todos que estão ajudando o Galo a construir a melhor arena do Brasil-disse o presidente Sérgio Sette Câmara ao site oficial do clube.


O estádio do Galo tem como meta ser uma arena multiuso, com espaços para o futebol e outras atividades como shows e eventos de vários tipos.

Estão previstos a construção de 40 bares, 68 camarotes e 2.400 vagas de estacionamento, além de uma área verde de 26 mil m².

O Galo fez uma operação financeira complexa para obter o dinheiro das obras: vendeu 50,1% do shopping Diamond Mall para a Multiplan por R$ 250 milhões em setembro de 2017, valor que chegou a R$ 296,8 milhões, em função das correções monetárias. O clube ainda arrecadou R$ 60 milhões com a venda dos naming rights (nome do estádio) para a MRV e espera obter mais R$ 100 milhões com a negociação de cadeiras cativas, sendo que 60% desse valor vai ser assegurado pelo banco BMG.

O projeto da Arena MRV prevê a destinação de cerca de R$ 80 milhões em obras de melhoria na infraestrutura urbana da região que abriga o estádio.


E MAIS:
-Esse é um dos principais marcos da Arena MRV desde a aprovação da licença de instalação. Para nós, é motivo de grande alegria chegar na etapa da terraplanagem, pois o nosso planejamento está tomando forma. Há anos já temos uma equipe multidisciplinar empenhada no projeto e vejo que estamos muito alinhados para que cada etapa caminhe conforme o cronograma estabelecido-disse o diretor-executivo da MRV, Bruno Muzzi.

Os responsáveis pela obra do estádio do Galo garantiram que os trabalhos contarão com todos os protocolos de segurança aos trabalhadores devido a pandemia do novo coronavírus.

-Não medimos esforços para proteger os colaboradores no canteiro de obras. A fase de supressão seguiu no último mês, com muita segurança e consciência. Estamos, todos, respeitando o distanciamento social e seguindo todas as recomendações- afirmou Muzzi.

O clube espera arrecadar anualmente R$ 100 milhões, tornando-se uma das cinco maiores forças do futebol brasileiro, ficando sempre em condições de disputar títulos de primeira grandeza.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance