Lisca elogia o time e como os atletas entenderam as mudanças táticas feitas pelo treinador contra o Galo
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Lisca elogia o time e como os atletas entenderam as mudanças táticas feitas pelo treinador contra o Galo

Lisca gostou
O América -MG de Lisca reagiu no segundo tempo e conseguiu equilibrar e empatar com o Galo no clássico-(Mourão Panda/América-MG)
Valinor Conteúdo - 26/07/2020 - 20:44
Belo Horizonte
O América-MG deixou o campo após o empate em 1 a 1 com o Atlético-MG, pela 10ª rodada do Campeonato Mineiro, com a sensação de jogo bem feito, dentro das dificuldades que a partida diante do Galo apresentou.
Se não primeiro tempo houve maior volume de jogo do alvinegro, que conseguiu o seu gol, na etapa final o Coelho reagiu, conseguiu o empate e poderia até ter vencido o duelo.

Em entrevista à TV Coelho, o técnico Lisca ficou satisfeito com o desempenho do time e pela assimilação rápida da mudança tática promovida pelo treinador ao colocar o lateral João Paulo no lugar de Léo Passos para reforçar a defesa, que sofreu muito com as investidas de Savarino, do Galo.

-Nos 15 minutos finais do primeiro tempo, nós deixamos de ficar submissos ao Atlético. Eles não conseguiram abrir uma vantagem maior e isso foi importante para nós. Fizemos a troca no intervalo, reposicionamos o time, aí o futebol é muitas vezes um mistério. Tiramos um centroavante para colocar um suposto lateral. Obviamente, o João Paulo não entrou nessa função, mas todo mundo deve ter achado que o treinador ficou doido. A gente equilibrou nossa marcação, mudamos nossa maneira de jogar e funcionou muito bem. Mérito dos jogadores-explicou o treinador.




E MAIS:
Lisca também usou a nova regra de substituições , que permite até cinco trocas, para mudar o panorama do jogo. Ele pôs em campo além de João Paulo, Vitão, que fez o gol de empate, o meia Geovane, o atacante Matheusinho e volante Flávio.

-O João (Paulo) entrou muito bem, assim como o Geovane, o Matheus e o Vitor. O time se organizou muito melhor, sufocou o Atlético e tomou conta do jogo. Poderia ter virado, foi totalmente o senhor das ações do segundo tempo e isso nos deixou satisfeitos por essa compreensão e mudança do time. Mérito dos jogadores que tiveram essa versatilidade. Queria parabenizar também a comissão técnica, principalmente a parte física, porque o nosso time correu demais. O Atlético sentiu um pouco essa falta de ritmo de jogo, mas o nosso time trabalhou muito forte nesse período e o segundo tempo mostrou isso- disse Lisca.

O América-MG já está classificado às semifinais do Estadual e lutar para manter a primeira colocação do Estadual para ter vantagens na fase de mata-mata. Na última rodada da primeira fase, o Coelho vai encarar a URT, quarta-feira, às 21h30, no Estádio Zama Maciel, em Patos de Minas.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance