América-MG lamenta erros e está perto de repetir 'bate e volta'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

América-MG lamenta erros e está perto de repetir 'bate e volta'

Internacional x America-MG
O Coelho não conseguiu ameaçar o Internacional, sendo dominado pelo Colorado- Ricardo Duarte
Valinor Conteúdo - 15/11/2018 - 23:26
Belo Horizonte
América-MG dificilmente escapa da queda para a segunda divisão em 2018. Após voltar à Série A com o título da Série B em 2017, sendo campeão, o Coelho pode repetir 2015, quando subiu para a primeira divisão e caiu no ano seguinte, em 2016.

A derrota para o Internacional, por 2 a 0, nesta quinta-feira, em Porto Alegre, jogou um pouco mais de terra no “barco” do Coelho, que completou 11 jogos sem vencer.

Mesmo que vença todos os jogos, contra Palmeiras, Santos, Fluminense e Bahia, o time americano pode não conseguir a pontuação suficiente para se manter na Série A, pois o máximo que o América-MG chega é a 46 pontos e seus rivais podem alcançar entre 48 e 51 pontos.



A equipe americana teve não pode reclamar da sorte, pois a rodada foi favorável, com seus rivais diretos perdendo pontos na tabela. O Ceará foi derrotado pelo Bahia, Sport e Vitória ficaram no empate, o Vasco também empatou e a Chapecoense perdeu para o Botafogo. Se fizesse a sua parte, e vencesse, o Coelho poderia colocar o nariz para fora do Z4.

O técnico Givanildo Oliveira foi taxativo sobre a atuação da equipe diante do Inter, explicando que houve falhas, mas o time fez um bom segundo tempo, porém insuficiente para bater o Colorado.

- No primeiro gol, do Damião, eles trabalharam bem a bola. Mas, nós falhamos no segundo gol. Não pode acontecer da forma que foi, mas acontece. Você fora de casa , contra o time forte que ainda luta pelo título, não se pode vacilar assim, disse o treinador.

Para o meio de cmapo Juninho, resta ao Coelho não desanimar e operar um pequeno milagre para permanecer na primeira divisão.

- Sabemos que a situação é difícil, mas temos de acreditar. Acho que tivemos uma melhora em relação ao jogo com o Paraná. E esperamos que o professor Givanildo nos passe um pouco de força para a gente tentar vencer os quatro últimos jogos e segurar o América, disse.

No domingo, dia 18, o América-MG recebe o Santos, no Independência. Caso perca para o Peixe, pode ser rebaixado na próxima rodada, dependendo da combinação de resultados.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance