Vasco quer driblar 'ansiedade' para entrar no 'G7 no momento certo'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Vasco quer driblar 'ansiedade' para entrar no 'G7 no momento certo'

  •  Vasco x São Paulo
    Confira a seguir a galeria especial do LANCE! com imagens da última partida disputada pelo Vasco Paulo Fernandes/Vasco.com.br
  •  Vasco x São Paulo
    Vasco x São Paulo Paulo Fernandes/Vasco.com.br
  •  Caio Monteiro - Vasco
    Caio Monteiro - Vasco (Foto: Celso Pupo/Fotoarena/Lancepress!)
  •  Vasco x São Paulo
    Vasco x São Paulo Paulo Fernandes/Vasco.com.br
  •  Vasco x São Paulo
    Vasco x São Paulo Paulo Fernandes/Vasco.com.br
  •  Vasco x São Paulo
    Vasco x São Paulo Paulo Fernandes/Vasco.com.br
  •  Vasco x São Paulo
    Vasco x São Paulo Paulo Fernandes/Vasco.com.br
  •  Vasco x São Paulo
    Vasco x São Paulo Paulo Fernandes/Vasco.com.br
  •  Vasco x São Paulo
    Vasco x São Paulo Paulo Fernandes/Vasco.com.br
  •  Vasco x São Paulo
    Vasco x São Paulo Paulo Fernandes/Vasco.com.br
David Nascimento e Hugo Mirandela - 14/11/2017 - 08:00
Rio de Janeiro (RJ)
Na primeira chance não conseguiu. Cenário que se repetiu nas duas possibilidades seguintes. Neste fim de temporada, o Vasco vem pecando nos desperdícios de entrar na zona de classificação para a Conmebol Libertadores de 2018. Já são três ocasiões que a equipe comandada por Zé Ricardo teve a oportunidade de entrar no G7 neste Campeonato Brasileiro, mas sem êxito no fim das contas. Com quatro rodadas para as férias, a missão de agora no Cruz-Maltino é driblar a ansiedade.

Esta briga vem sendo rivalizada com o arquirrival Flamengo. Desde o Clássico dos Milhões do último dia 28, o Vasco vem batendo na trave. Nesta primeira chance, bastava vencer o Rubro-Negro na partida que foi disputada no Maracanã, mas o jogo terminara 0 a 0. Com isso, a entrada do Cruz-Maltino na zona da Libertadores foi postergada, passando também a depender de tropeços do Flamengo em seus jogos no Campeonato Brasileiro.

A segunda chance apareceu já na rodada seguinte. A sorte estava sorrindo para o Vasco, já que o Flamengo foi derrotado pelo Grêmio por 3 a 1. O Cruz-Maltino recebeu o Vitória no Maracanã, uma vitória simples era o suficiente, mas o jogo acabou empatado em 1 a 1. Uma rodada depois, o time comandado por Zé Ricardo até venceu - 2 a 1 sobre o Santos na Vila Belmiro -, mas desta vez o arquirrival também havia vencido seu jogo - 2 a 0 sobre o Cruzeiro.

No fim de semana passado, quando a última rodada do Campeonato Brasileiro foi disputada, o Flamengo foi derrotado - 2 a 0 para o Palmeiras. Em São Januário, na volta da torcida cruz-maltina no estádio após cerca de quatro meses afastada, o Vasco teve com isso a terceira chance de entrar na zona da Libertadores, mas também pela terceira vez desperdiçou. Empatou com o São Paulo em 1 a 1. Zé Ricardo pontuou e disse esperar entrar no momento certo no G7 da competição.

- Enfrentamos uma grande equipe. No primeiro tempo estivemos um pouco ansiosos demais, não conseguimos produzir muita coisa tecnicamente. A equipe não desistiu, buscou a vitória até o fim. Teve oportunidades para virar a partida. Talvez um pouco de ansiedade novamente para finalizar. Mas nosso time tem muitos meninos. Ansiedade faz parte. Estamos caminhando para frente. Tomara a Deus que a gente entre no G7 no momento certo - destacou o treinador.

O Vasco já está invicto há dez jogos no Campeonato Brasileiro - são seis empates neste período, entretanto. Em entrevista coletiva após a reapresentação da equipe na última segunda-feira, em São Januário, o atacante Caio Monteiro, autor do gol de empate da equipe diante do São Paulo na última rodada, disse que o caminho nem vai muito para a ansiedade. Ele citou que estas três chances não aproveitadas são mais frustrantes do que decepcionantes.

- Decepção, não. É mais uma frustração, mas a gente sabe que está bem, está perto. Conseguimos pontuar e não perdemos dentro de casa. Ainda temos confronto direto contra o Atlético-MG e Cruzeiro e sabemos que só depende da gente. Se a gente continuar somando pontos vamos chegar no nosso objetivo. Não é ansiedade. A gente está vendo que a tabela está muito embolada. A qualquer momento a gente pode estar em cima ou embaixo - afirmou o atacante.

Ansiedade, decepção ou frustração, o torcedor do Vasco quer saber de somente uma coisa: bola na rede, vitória da equipe, pontos suficientes somados para que daqui a quatro rodadas, quando o Campeonato Brasileiro acabar, possa comemorar a classificação para a Conmebol Libertadores. Com 12 pontos em disputa, erros neste momento da temporada podem ser fatais. É necessário equilíbrio e um pouco de sorte na torcida contra os rivais diretos para o objetivo realmente ser alcançado.

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance