Pior defesa da elite, Vasco ainda não definiu zaga titular. Qual a melhor?
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Pior defesa da elite, Vasco ainda não definiu zaga titular. Qual a melhor?

  •  Defesa do Vasco
    Qual é a dupla de zaga titular do Vasco? Quem você escalaria? Confira as opções na galeria de fotos a seguir L!
  •  Erazo e Paulão
    Erazo e Paulão Paulo Fernandes/ VASCO
  •  Paulão Botafogo x Vasco
    Paulão Botafogo x Vasco (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)
  •  Paulão - Vasco
    Paulão - Vasco Paulo Fernandes/Vasco
  •  Erazo - Vasco
    Erazo - Vasco (Foto: Carlos Gregorio Jr/Vasco.com.br)
  •  Erazo - Vasco
    Erazo - Vasco Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br
  •  Erazo durante treino em São Januário
    Erazo durante treino em São Januário Paulo Fernandes/Vasco.com.br
  •  Ricardo Graça, Evander e Bruno Cosendey
    Ricardo Graça, Evander e Bruno Cosendey Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br
  •  Ricardo Graça durante treino no CT das Vargens
    Ricardo Graça durante treino no CT das Vargens Paulo Fernandes/ VASCO
  •  Ricardo Graça, zagueiro revelado no Vasco
    Ricardo Graça, zagueiro revelado no Vasco Paulo Fernandes/ VASCO
  •  Breno do Vasco
    Breno do Vasco Carlos Gregório Jr./ VASCO
  •  Breno - Vasco
    Breno - Vasco Paulo Fernandes/Vasco.com.br
  •  Breno e Luis Fabiano
    Breno e Luis Fabiano Paulo Fernandes/Vasco.com.br
  •  Werley
    Werley Paulo Fernandes/Vasco.com.br
  •  Werley treina entre os titulares no CT das Vargens
    Werley treina entre os titulares no CT das Vargens Paulo Fernandes/Vasco.com.br
  •  Zagueiro Luiz Gustavo - Vasco
    Zagueiro Luiz Gustavo - Vasco (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)
João Mércio Gomes - 15/05/2018 - 06:30
Rio de Janeiro (RJ)
O Vasco tem um dos melhores ataques do país e, mesmo assim, não consegue emplacar uma série de vitórias. Isso porque a defesa é, de fato, a pior entre os vinte clubes da elite. Os 46 gols sofridos em 29 jogos irritaram a torcida que, aos poucos, vai elegendo 'vilões' na equipe. Sai zagueiro, entra zagueiro, e os problemas só aumentam. No Brasileirão, por exemplo, é o segundo time com a defesa mais frágil (isto é, sofre gols com menos finalizações), perdendo apenas para o lanterna Paraná. Mas, afinal, qual é a dupla de zaga titular do Vasco?

Até agora, nove duplas foram testadas. Em uma das partidas, um trio - que por sinal, não foi vazado. Na Copa do Brasil, três zagueiros estavam em campo, mas um deles (Werley) jogou improvisado na lateral. Nenhuma convenceu. Confira os números:

Paulão e Erazo: 11 jogos e 22 gols sofridos - média: 2 gols/jogo
A dupla mais experiente do elenco foi a que mais atuou no ano. No geral, é a considerada 'titular' de Zé Ricardo enquanto Breno esteve lesionado. A pior derrota foi contra o Racing, na Argentina, por 4 a 0. A melhor atuação foi contra o Cruzeiro, no Mineirão, em que pararam o poderoso ataque celeste.

Paulão e Werley: 6 jogos e 10 gols sofridos - média: 1,6 gols/jogo
Com o mau momento da primeira dupla, Zé sacou Erazo e pôs Werley como parceiro de Paulão. Até melhorou nos dois primeiros jogos, mas logo depois foi por água abaixo com uma goleada do Cruzeiro por 4 a 0 em São Januário. O melhor momento foi contra o América-MG, que, apesar de ter sido vazada, a defesa teve papel importante - Paulão participou dos gols da virada com bons lançamentos. 

Ricardo e Erazo: 4 jogos e 2 gols sofridos - média de 0,5 gols/jogo
Mesmo ambos sendo canhotos, se entrosaram bem em campo. Saíram invictos em três dos quatro jogos que atuaram juntos - em um clássico contra o Flamengo e nos dois primeiros pela pré-Libertadores. Os únicos gols sofridos foram contra o Nova Iguaçu, no Carioca, em vitória por 4 a 2.

Paulão e Ricardo: 2 jogos e 4 gols sofridos - média de 2 gols/jogo
A dupla atuou em duas partidas com roteiros totalmente diferentes. As duas contra o Jorge Wilstermann, pela pré-Libertadores. Na primeira, vitória com tranquilidade em São Januário por 4 a 0. Na segunda, derrota em Sucre pelo mesmo placar e decisão nos pênaltis. Desde então, Ricardo só atuou em mais um jogo como titular, quando a equipe era alternativa.

Luiz Gustavo e Ricardo: 2 jogos e 4 gols sofridos - média de 2 g/jogo
Os dois atuaram juntos ainda em janeiro, quando o clube vivia época de conturbadas eleições e o elenco estava em aberto. Foram duas derrotas, para Bangu e Cabofriense. Luiz Gustavo não iniciou mais nenhum jogo na temporada e corre por fora - é sexta opção na zaga e quarta na lateral.

Werley e Erazo: 1 jogo e 1 gol sofrido - média de 1 gol/jogo
Após a classificação em Sucre, Zé Ricardo poupou Paulão e Ricardo e a dupla teve chance de jogar junto. Não deu certo: 1 a 0 para a Portuguesa-RJ, com atuação fraca do Vasco. A única vez que fizeram a dupla de zaga.

Werley e Ricardo: 1 jogo e 1 gol sofrido - média de 1 gol/jogo
Contra o Madureira, na Taça Rio, até faziam um bom jogo mas foram vazados no segundo tempo. A falha foi mais dos laterais Rafael Galhardo e Fabrício do que dos próprios zagueiros. Vitória por 3 a 1 na ocasião.

Werley e Breno: 1 jogo e 3 gols sofridos - média de 3 gol/jogo
Zé Ricardo, pressionado, barrou Paulão e promoveu a volta de Breno após cinco meses lesionado. Não deu certo: 3 a 2 para o Vitória em São Januário. Breno não esteve envolvido nos gols, que contaram com falhas de Desábato e gol contra de Werley.

Paulão, Erazo e Werley - 1 jogo e 0 gol sofrido - média de 0 gol/jogo
A única formação do Vasco que não foi vazada na temporada, na verdade, conta com três zagueiros. Foi na partida contra o Fluminense, em que Zé Ricardo espelhou o esquema de Abel Braga e anulou os pontos fortes do adversário. O treinador não descarta a possibilidade de voltar com a tática.

ZÉ RICARDO
​O treinador vê a experiência do atleta como um dos pontos principais. Por isso, Paulão é um dos preferidos do treinador. Erazo também ganha pela experiência, mas após acumular falhas, foi sacado. Werley ganhou chances pela boa saída de bola, mas o gol contra na última rodada pode fazer perder espaço. Após a última derrota, Zé comentou sobre dois jogadores.

- A volta do Breno foi importante para a gente. Jogador de muito valor. Zagueiro precisa estar bem para começar e terminar uma partida. Sobre Ricardo, quando eu achar que tem que entrar, ele vai entrar. Temos cinco zagueiros, ele é uma das nossas opções. As escolhas são do treinador

OPINIÃO
Matheus Babo, editor do LANCE!
'Acho que o único zagueiro que merece a vaga de titular nesse time é o Breno, pelos serviços prestados em 2017. Ricardo é um garoto que merece mais oportunidades. Werley e Paulão alternam atuações boas e ruins (essas com mais frequência). Erazo vem sendo aqui o que foi em todos os clube que passou, nada surpreendente. Luiz Gustavo mal joga. Alguns torcedores nem devem se lembrar que ele foi contratado em janeiro'

Hugo Mirandela, editor do LANCE!
'Não é nenhuma novidade que o principal problema do Vasco este ano é a sua defesa. Com a saída de Anderson Martins e a lesão de Breno, o Cruz-Maltino não fez reposições de qualidade para o setor e pagou por isso. O técnico Zé Ricardo precisa definir uma dupla e isso deve passar pelo retorno de Breno. Ele tem que ser o pilar desta defesa. Seu companheiro deve ser Ricardo. De todos os zagueiros no elenco, foi disparado o que menos errou e merece nova chance entre os titulares. Essa dupla ajuda até no estilo de jogo do treinador, que gosta de ver o time sair jogando. Afinal, os dois são técnicos e o time vem 'dando' muitos gols com erros neste quesito


Facebook Lance Twitter Lance