Goleiros em ação! Preparador explica trabalho do Vasco durante a pausa
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Goleiros em ação! Preparador explica trabalho do Vasco durante a pausa

  •  Fernando Miguel, goleiro do Vasco
    Fernando Miguel, goleiro do Vasco, durante treino da equipe. Confira a seguir outras imagens na galeria do LANCE! Paulo Fernandes/Vasco.com.br
  •  Fernando Miguel - Vasco
    Fernando Miguel - Vasco Paulo Fernandes/ VASCO
  •  Fernando Miguel é o novo reforço do Vasco
    Fernando Miguel é o novo reforço do Vasco Thiago Moreira/ VASCO
  •  Martin Silva, tranquilo e calmo, antes da final do Carioca
    Martin Silva, tranquilo e calmo, antes da final do Carioca Carlos Gregório Jr./ VASCO
  •  Gabriel Felix e Martin Silva durante treino em São Januário
    Gabriel Felix e Martin Silva durante treino em São Januário Paulo Fernandes/ VASCO
  •  Martin Silva - Vasco
    Martin Silva - Vasco (Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco)
  •  Martin Silva - Vasco
    Martin Silva - Vasco (Foto: Carlos Gregório Jr./Vasco)
  •  Martin Silva - Vasco x Jorge Wilstermann (BOL)
    Martin Silva - Vasco x Jorge Wilstermann (BOL) (Paulo Fernandes/Vasco.com.br)
  •  Gabriel Felix
    Gabriel Felix Paulo Fernandes/Vasco.com.br
  •  Gabriel Félix
    Gabriel Félix (Foto: David Nascimento)
  •  Gabriel Felix
    Gabriel Felix Paulo Fernandes/Vasco.com.br
  •  Jordi Vasco
    Jordi Vasco (Paulo Fernandes/Vasco.com.br)
  •  Jordi - Vasco
    Jordi - Vasco (Foto: Mauro Horita/AGIF/Lancepress!)
  •  Jordi - Vasco
    Jordi - Vasco (Foto: Paulo Sergio/Lancepress!)
  •  Jordi durante coletiva no Vasco nesta segunda-feira
    Jordi durante coletiva no Vasco nesta segunda-feira David Nascimento/LANCE!Press
LANCE! - 05/07/2018 - 08:00
Rio de Janeiro (RJ)
A paralisação dos jogos por conta da Copa do Mundo da Rússia também vem servindo para que os goleiros do Vasco entrem em ação e se aprimorem ao longo dos treinamentos. Novo preparador de goleiros da equipe profissional cruz-maltina, Thiago Mehl explicou o trabalho que vem sendo realizado em Pinheiral, cidade do sul do Rio de Janeiro escolhida pelo clube para concentração 24 horas visando maior entrosamento quando as disputas retornarem.

Thiago Mehl apenas não tem o goleiro Martin Silva à disposição - o arqueiro está com o Uruguai no Mundial. Os demais - Fernando Miguel, Gabriel Félix, Jordi e Hedhe Halls - estão realizando trabalhos especiais ao lado da comissão técnica liderada por Jorginho. O objetivo inicial do preparador é colocar os goleiros na estratégia pensada pelo comandante para pensar em situações de jogo. O período em Pinheiral também serve para todos se conhecerem melhor.

- Essa intertemporada tem três grandes objetivos agora, sendo que o primeiro e o principal deles é prepará-los fisicamente, tecnicamente e taticamente. Procuramos fazer trabalhos específicos voltados para situações de jogo. O segundo objetivo, por estarmos chegando agora, é conhecer mais a fundo os atletas. O terceiro é inseri-los no modelo tático do treinador. Cada comandante tem sua característica e o goleiro participa muito do jogo coletivo - declarou Mehl antes de completar:

- O goleiro com potência muscular boa e grande velocidade de reação vai conseguir resolver bem os problemas que aparecerão durante o jogo. Procuramos sempre, é claro, colocar situações imprevisíveis e que acontecem nas partidas. Não gosto muito de goleiro robotizado, que fica automatizado, ele tem que sempre estar preparado para uma surpresa, pois no jogo nunca se sabe o que vai acontecer. Em Pinheiral, até por estarmos próximos da primeira partida, trabalhamos simulando diversas situações.

Thiago Mehl é natural de Curitiba, no Paraná, e já passou por equipes como o próprio Paraná, Atlético-PR e Bahia. O profissional, inclusive, é integrante do corpo técnico da Seleção Brasileira nas categorias de base. A oportunidade no Vasco é vista pelo preparador como uma grande chance em uma equipe de maior expressão, o qual ele quer permanecer por um longo período, ajudando o clube na busca dos seus objetivos com a preparação dos goleiros. Ele falou sobre a carreira.

- Comecei a carreira no Atlético-PR. Fiquei lá por oito anos, trabalhando do sub-15 ao sub-23 e auxiliando no profissional. Tive a oportunidade de ir para o Bahia em 2015 e lá fizemos boas temporadas, conquistando o acesso em 2016 e o título da Copa do Nordeste de 2017. Precisei voltar para minha cidade no início do ano por motivos pessoais e acabei acertando com o Paraná. Foi quando apareceu algo que todo mundo almeja, que é trabalhar em um time do tamanho do Vasco. Estou muito feliz aqui e espero permanecer por um bom tempo - festejou ao finalizar.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance