Fernando Miguel está de volta ao Vasco: 'Nenhum tipo de limitação'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Fernando Miguel está de volta ao Vasco: 'Nenhum tipo de limitação'

Vasco x Flamengo Fernando Miguel
Delmiro Junior/Photo Premium/Lancepress!
LANCE! - 05/06/2019 - 17:04
Rio de Janeiro (RJ)
Fernando Miguel está de volta. O goleiro que estava consolidado como pilar do Vasco ficou fora de combate por 40 dias, mas está, finalmente à disposição. Foi à distância que ele viu a equipe acumular maus resultados e se colocar na última posição do Campeonato Brasileiro. Porém, para o jogo desta sexta-feira, contra o Internacional, ele deverá jogar. Apesar de disfarçar.

- A gente vem trabalhando, desde a semana passada, num processo de transição, já no campo. Essa semana, um pouco mais solto, sem nenhum tipo de limitação. Claro que precisamos ganhar ainda (fisicamente), mas vamos pulando algumas etapas para podermos ficar à disposição e poder ajudar. Mas vale ressaltar que o Vanderlei Luxemburgo não confirmou a minha titularidade ou não. O importante, no momento, é todos estarmos concentrados e engajados para sairmos dessa situação que incomoda todo mundo - avaliou, durante entrevista coletiva nesta quarta-feira.

O goleiro que deverá substituir Sidão falou com a imprensa antes do treino, no CT do Almirante. Depois se juntou aos companheiros. E nas últimas semanas foi o mais perto de campo e bola que ele esteve. E explica como tentou ajudar a equipe cruz-maltina no período em que se limitou a se recuperar da lesão na panturrilha direita.



- A gente precisa estar junto, próximo e, de alguma forma, estar conversando para dar confiança. Futebol é feito de conjunto, que é feito não só dos 11 que entram em campo. É um grupo de atletas que representam uma instituição tão grande. Quando não estamos em campo, precisamos entender isso e fortalecer mais ainda - explicou.

Além do trabalho desta quarta, o Vasco treina também nesta quinta-feira antes do jogo contra o Colorado, em São Januário. Ainda sem vencer no Brasileirão, o time de Luxemburgo tenta apagar o mau início na competição e ressaltar o elogiado primeiro tempo da partida contra o Botafogo, no último domingo.

Confira outros tópicos da entrevista coletiva de Fernando Miguel:

É DIFÍCIL CONVIVER COM TANTAS TROCAS DE TÉCNICOS?
- São ideias de jogo. O Alberto (Valentim) tinha a dele, o Marcos (Valadares) a dele e o Vanderlei a dele. Estamos procurando a forma que o Vanderlei pensa, a nossa equipe está procurando entrar em campo e corresponder. Vejo a equipe começando a se moldar na ideia que ele quer. Ele mesmo, nas análises, tem pontuado. A gente precisa, mais do que nada, voltar a vencer na competição para vislumbrarmos horizonte na competição.

HOUVE REUNIÃO IMPORTANTE DO DELIBERATIVO. COMO ACOMPANHARAM?
- A gente observa, sim, mas acredito que o aspecto político do clube diz respeito a sócios e conselheiros. Nós, atletas, temos que estar concentrados porque temos muita demanda, muito trabalho a ser feito. Nossa concentração precisa estar voltada para o campo para melhorarmos como equipe e individualmente e, conseguirmos as vitórias, que estamos precisando.

FOI DIFÍCIL ACOMPANHAR O MAU MOMENTO DE FORA?
- Foi difícil, um momento muito importante de Carioca e Copa do Brasil, contra um adversário importante. Do meu ponto de vista, era viável a nossa passagem de fase (contra o Santos, o Cruz-Maltino foi eliminado mesmo vencendo o segundo jogo, em casa, e o goleiro saiu com a lesão). O início de Campeonato Brasileiro... muito difícil ficar de fora vendo tudo acontecendo. Mas precisamos respeitar que isso acontece no futebol. Precisamos respeitar e apoiar os companheiros que representam o clube. Mas, sem dúvida, foi um momento difícil.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance