Zé evita 'oba-oba' no Vasco por vaga na Liberta: 'Clima não é de festa'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Zé evita 'oba-oba' no Vasco por vaga na Liberta: 'Clima não é de festa'

Zé Ricardo - Vasco
Zé Ricardo diz que time precisa colocar razão à frente da emoção (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)
Hugo Mirandela - 30/11/2017 - 15:42
Rio de Janeiro (RJ)
O Vasco depende apenas de suas forças para conseguir uma vaga na próxima Libertadores e tem condições favoráveis para isso. Isso porque o time precisa apenas de uma vitória contra a Ponte Preta, que já está rebaixada, neste domingo, em São Januário, que pode ter recorde de público. Em meio a esse clima, o técnico Zé Ricardo trabalhar para evitar o 'oba-oba' e acredita que o adversário vai fazer jogo duro.

- O cenário ideal nosso é a gente poder comemorar uma vaga na Libertadores no final da partida. Mas a gente não está em clima de festa, pelo contrário. A gente sabe que a equipe da Ponte Preta tem os seus objetivos, conheço um pouco do Eduardo Baptista, e um treinador muito competente e sério. Com certeza a Ponte vai vir com a cabeça de vencer a partida aqui e por isso nós precisamos estar extremamente concentrados - disse Zé em coletiva após o treino desta quinta-feira, destacando que a equipe precisa jogar com a razão na frente da emoção.

- No domingo não podemos deixar a ansiedade tomar conta, que a emoção assuma uma papel mais protagonista do que a razão. Elas precisam caminhar juntas e dessa forma vamos estar mais perto daquilo que temos que fazer - completou.

O treinador disse que o apoio da torcida vai ser muito importante em São Januário. Segundo ele, o time precisa saber usar essa força e se manter concentrado na estratégia para vencer a partida.

- Contamos com a presença da torcida em massa, com o apoio, e paralelo a isso com a cabeça na estratégia para vencer o jogo e conseguir nosso objetivo. A torcida é fundamental, nos ajudou até nos jogos de portões fechados do lado de fora. Agora, é um prazer ter a torcida do nosso lado. Esperamos fazer uma partida de grande nível para chegar no objetivo - comentou o treinador, pedindo para o torcedor ter paciência, já que o jogo não será fácil.

- A gente espera que o jogo não seja sofrido. Espero ver os torcedores todos com a camisa do Vasco, que a gente possa proporcionar para eles um jogo onde o time tenha o domínio das ações, mais próximos do nosso objetivo. Que a torcida empurre e entenda que não vai ter nada fácil. Acho que no ano nenhum jogo do Vasco foi fácil. O vascaíno precisa ir em São Januário gritar e incentivar até o final. Tenho certeza que a força deles vai nos ajudar e muito.

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance