CT, balanço, união, Horta... Veja o que Brant e Otto disseram em debate
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

CT, balanço, união, Horta... Veja o que Brant e Otto disseram em debate

  •  Debate - Vasco
    Debate com presidenciáveis do Vasco foi feito nesta quarta. Confira a seguir outras imagens na galeria LANCE! (Foto: David Nascimento/LANCE!Press)
  •  Brant
    Candidatos confraternizaram após o encontro David Nascimento/LANCE!Press
  •  Luis Fabiano - treino do Vasco
    Luis Fabiano - treino do Vasco (Paulo Fernandes/Vasco)
  •  Nenê - treino do Vasco
    Nenê - treino do Vasco (Paulo Fernandes/Vasco)
  •  Anderson Martins
    Anderson Martins (Foto: Paulo Fernandes/Vasco
  •  Ponte Preta x Vasco
    Ponte Preta x Vasco Eduardo Carmim/Photo Premium
  •  Ponte Preta x Vasco
    Ponte Preta x Vasco Eduardo Carmim/Photo Premium
  •  Ponte Preta x Vasco
    Ponte Preta x Vasco Eduardo Carmim/Photo Premium
  •  Ponte Preta x Vasco
    Ponte Preta x Vasco Eduardo Carmim/Photo Premium
  •  Ponte Preta x Vasco
    Ponte Preta x Vasco Eduardo Carmim/Photo Premium
  •  Ponte Preta x Vasco
    Ponte Preta x Vasco Eduardo Carmim/Photo Premium
  •  Ponte Preta x Vasco
    Ponte Preta x Vasco Eduardo Carmim/Photo Premium
  •  Ponte Preta x Vasco
    Ponte Preta x Vasco Eduardo Carmim/Photo Premium
  •  Vasco x Cruzeiro
    Vasco x Cruzeiro Rudy Trindade/ThemaPress/Light Press/Cruzeiro
  •  Vasco x Cruzeiro
    Vasco x Cruzeiro Rudy Trindade/ThemaPress/Light Press/Cruzeiro
  •  Vasco x Cruzeiro
    Vasco x Cruzeiro Paulo Fernandes/Vasco
  •  Vasco x Cruzeiro
    Vasco x Cruzeiro Paulo Fernandes/Vasco
  •  Vasco x Cruzeiro
    Vasco x Cruzeiro Paulo Fernandes/Vasco
  •  Vasco x Cruzeiro
    Vasco x Cruzeiro Paulo Fernandes/Vasco
  •  Vasco x Cruzeiro
    Vasco x Cruzeiro Paulo Fernandes/Vasco
David Nascimento - 09/08/2017 - 22:39
Rio de Janeiro (RJ)
Aconteceu na noite desta quarta-feira, no Centro do Rio, um debate entre dois dos candidatos à presidência do Vasco que já confirmaram chapas na eleição de novembro. Júlio Brant, da "Sempre Vasco", e Otto Carvalho, de "Ao Vasco Tudo", estiveram presentes no encontro organizado pelo grupo Vascaínos Unidos. Dividido em cinco blocos, vários temas foram abordados. Alexandre Campello, de "Frente Vasco Livre", não foi convidado. Organizadores alegam que ele nunca procurou uma aproximação junto ao grupo (confira nota oficial do candidato no fim desta página). A reportagem do LANCE! esteve presente no encontro que durou cerca de duas horas e apresenta abaixo as principais declarações.

NECESSIDADE DE CENTRO DE TREINAMENTO

Júlio Brant
"Em 2014 contratamos uma empresa portuguesa para fazer nosso projeto. Um CT é fundamental. Jogadores sabem disso. Projeto teve orçamento em 22 milhões de reais. Mas o terreno de Vargem Grande não gostamos muito - mas perdemos. Temos um lugar que estamos conversando. Tem arquitetura de século 19 portuguesa. Mas não é só construção. CT é filosofia"

Otto Carvalho
"CT hoje é fundamental ao Vasco. Hoje temos um em Caxias que precisamos legalizar e outro em Vargem Grande que perdemos"


POSSÍVEL CANDIDATURA DE FERNANDO HORTA

Júlio Brant
"Primeira pergunta é quem é o Horta? Não vejo ele como oposição. Não conta com nosso apoio. Chance zero. Se vier, é por situação. Todo apoio de oposição é bem vindo. Mas não vejo consistência no movimento do Horta"

Otto Carvalho
"Acho muito difícil Horta vir como oposição. Não entendo uma ruptura com ele seguindo ao lado do Eurico. Quando rompi perdi tudo. Vejo cada vez mais a chance real de Eurico Miranda não vir como candidato. Acho que Horta vem como situação. Aguardemos"

CHAPA ÚNICA DA OPOSIÇÃO?

Júlio Brant
"É um compromisso público que assumo aqui. Caso tenha alguém na frente, abrirmos mão. Desde que tenha o critério definido. Não trocamos cargo com ninguém no Vasco. Cargo faz parte da política de alto nível. Mas precisa ser qualificado. O importante é ter o bom senso para o Vasco virar"

Otto Carvalho
"Quando me lancei foi pelo Vasco. Hoje estou com um grupo. O que decidir será acatado. Todos queremos transformação. Presidente tem que estar afinado. Compromisso no primeiro ano de gestão é mudar o estatuto do Vasco. Precisamos ter experiência com juventude. O problema não é tirar Eurico. É fazer que ele perca a força no Vasco. Temos que ter maturidade política. O Vasco para o mundo moderno. Se for bom para todos, não há problema (em abdicar chapa)"

NEPOTISMO

Júlio Brant
"Ninguém de meu parentesco terá cargo no Vasco. É um compromisso que assumo. O cargo de presidente exige liturgia. Acho vergonhosa a situação que Eurico trata o Vasco. Parece que é o dono do clube. Tem filhos, papagaios..."

Otto Carvalho
"Chance zero de nepotismo no Vasco comigo"


GESTÃO DO CLUBE E CONTAS

Júlio Brant
"Existe uma limitação numérica no Conselho de oposição. Não vai aprovar nada. O máximo é constranger insistindo na melhora. Mas dada a situação hoje no Vasco, esse constrangimento é quase zero. Mas na última do flamenguista era claro que teve. Com 30 conselheiros de oposição, é muito difícil. Tenho até muito custo, tenho que ir com seguranças hoje em dia lá"

Otto Carvalho
"Conselho Fiscal, apesar de técnico, é um órgão político. Óbvio que o Vasco precisa de transformações. Temos de ter sensibilidade. Fizeram promessas de uma auditoria mais relevante no primeiro ano"

PLANEJAMENTO FINANCEIRO

Júlio Brant
"A folha com 600 funcionários. Vamos sentar em cima do cofre. Não compra garrafa de água sem aprovação da presidência. Medidas depois com venda, criação de produtos. São ações emergenciais para entendermos as finanças do Vasco. Temos uma consultoria. Contenção absoluta de despesa. Não paga nada a ninguém a não ser salário e pontos emergenciais"

Otto Carvalho
"Primeiros 100 dias serão complicados. Temos uma folha de 11 milhões hoje. Tem que negociar. 80% da receita do Vasco é da TV. Cem mil sócios é impossível? Não. Vai depender da imagem do clube. A 20 reais, dá 2 milhões por mês. Temos que trabalhar"

RESGATAR ENGAJAMENTO DA TORCIDA DO VASCO

Júlio Brant
"Temos que resgatar o orgulho em ser vascaíno. E como isso pode ser levado ao futuro. Queremos abrir as portas do Vasco. Temos 20 milhões de torcedores no Brasil todo. Temos uma torcida continental. Isso é muito bom para o Vasco. Queremos fazer a Embaixada do Almirante. Levar São Januário para todos os estados do Brasil"

Otto Carvalho
"Temos 60% da torcida do Vasco é fora do Rio de Janeiro. Cinco da manhã em Maranhão com mil torcedores no aeroporto. Impressiona. Vasco viaja hoje e não leva um chaveiro. Não há ação de marketing. Temos de mudar"

BALANÇO E DÍVIDAS

Júlio Brant
"Todos querem saber. Qual é a dívida do Vasco? Os números não são confiáveis hoje em dia. Hoje o Vasco pega dinheiro emprestado para pagar comida. Como se vive assim? Endividamento hoje é muito grande no clube. O Vasco tem furado o Ato Trabalhista. Típico de Eurico. É mestre de fazer isso. Quem assumir tem que mexer nisso tudo"

Otto Carvalho
"Balanço hoje a dívida é cerca de 680 milhões de reais. Mas não é um número confiável. O planejamento é reduzir. Quem assumir pode ter surpresa no número. Temos que ter uma auditoria competente. Aumentando receita. Precisamos"

> NOTA FRENTE VASCO LIVRE:
"Desde o início do lançamento da candidatura de Alexandre Campello à presidência do Vasco, em maio, a Frente Vasco Livre vem trabalhando continuamente pela união da oposição. Conseguimos reunir sete importantes grupos em torno de uma campanha propositiva, o que nos motiva a continuar trilhando esse caminho.

Em busca dessa unificação, participamos do encontro organizado pelos Beneméritos, Grandes Beneméritos e grupos de oposição no Clube Monte Líbano, em 11 de julho, e ainda convidamos os mesmos para uma nova reunião, no último dia 1º, no Centro, organizada por nós, quando voltamos a discutir maneiras efetivas de colocar em prática essa união – inclusive, sugerindo que seja realizada, mais à frente, uma convenção entre os candidatos, à medida que a lista dos sócios com direito a voto fosse conhecida.

Apesar dos nossos esforços, o Grupo Vascaínos Unidos Associados alijou a Frente Vasco Livre de uma reunião que irá promover nesta quarta-feira (9) com os grupos Ao Vasco Tudo (de Otto Carvalho) e Sempre Vasco (de Júlio Brant), o que nos causou estranheza. Se o objetivo é conhecer mais os candidatos e discutir a união, por que Alexandre Campello não foi convidado?

O Grupo Vascaínos Unidos Associados justifica “que houve uma dificuldade de aproximação com Campello”, o que obviamente não se sustenta. Desde o início, nos colocamos à disposição de todos os grupos para conversas bilaterais. Bastava procurar qualquer integrante da Frente Vasco Livre e fazer o convite. Como dito, somos parte interessada no processo, e iríamos com o maior prazer.

Por fim, que fique claro: a união dos grupos de oposição é uma aclamação do torcedor e sócio vascaíno insatisfeitos com os rumos que o Club de Regatas Vasco da Gama tomou nos últimos 17 anos. A Frente Vasco Livre seguirá com os esforços no sentido de promover esta união e trabalhando em soluções de gestão e governança para o próximo triênio"

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance