Autor do gol da classificação do Vasco à semifinal, Laranjeira projeta duelo contra o Palmeiras no BR Sub-20
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Autor do gol da classificação do Vasco à semifinal, Laranjeira projeta duelo contra o Palmeiras no BR Sub-20

João Laranjeira
Laranjeira jogou 43 partidas pelo Vasco em 2019 e marcou sete gols (Rafael Ribeiro/Vasco)
Leonardo Damico - 07/11/2019 - 08:05
Rio de Janeiro (RJ)
Destaque das categorias de base do Vasco, o meia João Laranjeira vem mostrando grande estrela. Depois de marcar o gol que classificou o time para a final da Copinha no início do ano, o jogador de 19 anos garantiu, no último domingo, a vaga da equipe carioca na semifinal do Brasileirão sub-20, que acontece nesta quinta-feira, contra o Palmeiras. Em entrevista ao LANCE!, o meio-campista contou um pouco sobre a trajetória dele até aqui e projetou o duelo contra os paulistas.

Início no futebol e trajetória no Vasco
Antes de se tornar joia do Vasco, Laranjeira começou sua caminhada no futebol ainda criança, quando a mãe do atleta o levava para a escolinha de futsal do Madureira. Pouco tempo após passar pelo tricolor suburbano, o meia atuou pelo Cascadura, onde se destacou e foi convidado para jogar no Cruz-maltino, em 2008, quando tinha 8 anos. O jogador falou sobre esse período da infância e revelou um motivo inusitado para começar a jogar bola.

- Meu começo no futebol foi engraçado. Quando pequeno, eu era muito levado, então minha mãe me levava para a escolinha de futsal do Madureira, pra eu gastar um pouco de energia (risos). Dali pra frente eu comecei a gostar, e de 7 para 8 anos eu fui chamado para jogar no Vasco, sem nem precisar de teste. Estou aqui desde 2008 e é uma grande honra representar esse clube de enorme tradição no futebol - contou ao L!



E MAIS:
Renovação com o Cruz-maltino e sondagens
Laranjeira já está há 11 anos no Vasco, mas sua história no clube carioca poderia ter sido interrompida ainda na infância do atleta. O jogador revelou que recebeu uma proposta do Porto, de Portugal, em 2010, mas preferiu continuar no Cruz-maltino. No início de 2019, o meio-campista renovou por mais dois anos com o Cruz-maltino, mas afirmou que recebeu sondagens de outros clubes do Brasil antes da assinatura do contrato.

- Em 2010, nós disputamos o Mundialito, lá em Portugal, e na época, o Porto ficou bastante interessado em mim. Os dirigentes do time português chegaram até a se reunir com meu pai, mas como eu era muito novo e torcedor do Vasco, preferi continuar aqui. Antes de renovar o contrato, no início do ano, tive propostas de outros clubes, mas de novo, optei por ficar no Vasco. Achei que foi o melhor pra mim - comentou Laranjeira.

Laranjeira
Laranjeira celebrando o gol que levou o Vasco à final da Copinha (Div.)
Gols importantes e projeção para a semifinal
No início de 2019, o Vasco chegou à final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, algo que não ocorria desde 1999. Na semifinal, Laranjeira foi o responsável por levar a equipe a decisão do torneio ao converter o pênalti. No último final de semana, o meia voltou a brilhar e marcou o gol de pênalti que levou o time à semifinal do Brasileirão Sub-20. O atleta falou sobre a importância dos gols e projetou o duelo contra o Palmeiras.

- É uma felicidade muito grande poder marcar esses gols com a camisa do Vasco. Havia tempo que o clube não disputava uma final e eu tive o privilégio de bater o pênalti que classificou o time para a decisão da Copinha. No Brasileirão a mesma coisa, é um campeonato muito difícil, só com times grandes, e mais uma vez eu puder converter o pênalti que colocou a equipe na semifinal - disse Laranjeira, que emendou:

- A equipe do Palmeiras é muito qualificada. Eles no eliminaram na semifinal na Copa do Brasil no começo do ano, então nós queremos a revanche amanhã, vamos buscar a vitória de qualquer jeito. Sabemos da dificuldade do jogo, mas estamos preparados e vamos atrás do resultado positivo fora de casa - complementou o meia.

Expectativa pela chance nos profissionais
Fábrica de grandes talentos no Brasil, o Vasco revelou importantes nomes nesta década, como Philippe Coutinho, Allan e Alex Teixeira. Mais recente, o clube carioca mostrou para o mundo os talentos de Douglas Luiz, hoje no Aston Villa; e Paulinho, do Bayer Leverkusen. Em 2019, a equipe promoveu alguns jovens ao time titular, como Talles Magno, Tiago Reis, Bruno Gomes e Gabriel Pec. Laranjeira falou sobre a vontade de ganhar uma chance no elenco principal.

- Todo mundo que joga nas categorias de base sonha com chegar ao elenco profissional, e comigo não é diferente. Trabalho diariamente para isso acontecer. Eu ainda não tive essa oportunidade, mas pretendo receber em breve, e quando tiver essa chance, aproveitar da melhor forma possível para se manter lá - encerrou o jogador.

Laranjeira - Vasco
Laranjeira renovou com o Vasco até o fim de 2021 (Divulgação/Vasco)
Facebook Lance Twitter Lance