São Paulo faz proposta por Marcos Guilherme, e não agrada Atlético-PR
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

São Paulo faz proposta por Marcos Guilherme, e não agrada Atlético-PR

Treino do São Paulo
Permanência de Marcos Guilherme depois de junho está cada vez mais improvável (Érico Leonan/saopaulofc.net)
William Correia - 11/05/2018 - 19:22
São Paulo (SP)
O São Paulo se movimentou para tentar segurar Marcos Guilherme e enviou ao Atlético-PR uma proposta para comprar 50% dos direitos econômicos do meia-atacante para não perdê-lo ao fim do empréstimo, em junho. Mas o Atlético-PR já sinalizou que não gostou da oferta.

A informação da proposta foi dada pelo Globo Esporte e confirmada pelo LANCE! O valor oferecido pelo Tricolor está abaixo dos 3 milhões de euros (R$ 12,80 milhões) exigidos em contrato pelo Furacão por metade de seus direitos econômicos para ceder o jogador de 22 anos. Os paranaenses não estão dispostos a reduzir a pedida e já indicaram que manterão essa postura.

O Atlético-PR recebeu sondagens de Corinthians, Flamengo, Cruzeiro e Atlético-MG sobre a situação de Marcos Guilherme. Havia um acordo verbal para que o empréstimo fosse ampliado até o final deste ano, mas os curitibanos já tinham sinalizado que não fariam valer o compromisso apalavrado. Como o empréstimo estipulado em contrato se encerra no fim de junho, já há no Tricolor um clima de despedida para o jogador.

O São Paulo gostaria de contar com Marcos Guilherme até dezembro, mas, como chegaram os também velocistas Valdívia e Everton neste ano, a ideia era não gastar na sua prorrogação e confiar no acordo verbal com o Atlético-PR. Diante da dificuldade, a proposta financeira enviada agora é uma das últimas tentativas para segurá-lo.

Por outro lado, a possibilidade de jogar no Corinthians anima os representantes do meia-atacante. E há um bom relacionamento entre o Timão e o Atlético-PR, o que poderia facilitar a negociação. Marcos Guilherme já expôs que gostaria de continuar no São Paulo, seu time de infância, mas, ao mesmo tempo, tornou pública sua insatisfação com a indefinição de seu futuro. Dificilmente ele voltará a atuar pelo Furacão, clube que o revelou.

Como o meia-atacante atuou somente em três partidas do Campeonato Brasileiro, ele poderia entrar em até mais três jogos para ainda poder ser usado por outro clube na competição. E está livre para jogar na Libertadores, caso acerte com um clube que disputa o torneio.

Marcos Guilherme está no São Paulo desde julho - passou o primeiro semestre de 2017 no Dínamo Zagreb, da Croácia. Tem 46 jogos e nove gols no Tricolor, mas perdeu espaço com o técnico Diego Aguirre diante da indefinição de sua permanência no clube e, por isso, vem sendo reserva - nem saiu do banco diante do Rosario Central, na quarta-feira, pela Copa Sul-Americana.

Marcos Guilherme entrou na história do São Paulo, sendo o quinto jogador a participar de mais jogos consecutivos desde a estreia: 43 partidas seguidas entrando em campo, igualando Benê, em 1961. A sequência foi interrompida ao ficar no banco diante do Rosario Central, no dia 12, na Argentina, e ele só foi titular no compromisso seguinte, no dia 19, porque Diego Aguirre escalou um time misto contra o Paraná.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance