menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Zverev acaba com sonho de Shapovalov em jogaço e decide título em Montreal

Alexander Zverev
Divulgação
Tênis News - 12/08/2017 - 23:45
Montreal (Canadá)
O jovem alemão Alexander Zverev, oitavo do ranking da ATP, chegou a sua segunda final de torneio Masters 1000 na carreira ao frear o sonho do jovem canadense Denis Shapovalov, 143º, de 18 anos, e calar a torcida em Montreal, onde decidirá contra Roger Federer.

Em um jogaço de tênis, com exposição de todo o arsenal de golpes dos meninos da 'Next Gen' [Próxima Geração], Zverev contou com a maturidade de estar há dois anos no circuito ATP e precisou de 1h44 para superar o algoz de Rafael Nadal pelo placar de 6/4 7/5 tendo convertido dois aces contra três do canadense, que venceu 64% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 81% de aproveitamento do alemão.

A partida começou tensa, em um game com erros dos dois tenistas, mas o canhoto canadense confirmou o saque. Utilizando bem seus forehands e variando jogadas entre a linha de base e jogadas entrando em quadra, os dois tenistas foram confirmando seus saques, até que Zverev se aproveitou de um game nervoso de Shapovalov, forçou a devolução de segundo serviço e conquistou a quebra de saque no nono game, sacando firme e fechando o set na sequência.

Na segunda etapa, Zverev seguiu sólido com forehand na devolução e conquistou a quebra no primeiro game. Shapovalov, sem muito a perder, arriscou bolas no centro da quadra e trabalhando com backhand, foi à rede encurtando as bolas e devolveu a quebra. O jogo seguiu duro, com os dois tenistas demonstrando controle e confirmando seus saques. No oitavo game, Zverev precisou de muito controle no saque para salvar três breakpoints e confirmou. O jogo seguiu a mesma toada, com bonitas jogadas e golpes agressivo, até que o alemão conquistou a quebra de saque no décimo primeiro game e foi sacar para a partida. Ali, foi pressionado pela torcida e pelas devoluções de Shapovalov, que trabalhou com backhand, salvou dois match-points, teve três breakpoints, mas viu o alemão confirmar saque e se garantir na final.

Campeão do Masters 1000 de Roma, este ano, com vitória sobre Novak Djokovic, Zverev tem outro duelo de peso na segunda semifinal de Masters 1000 na carreira e encara o suíço Roger Federer.

O jovem alemão luta por seu segundo título de Masters, enquanto Federer busca seu 26º. Os dois tenistas já se enfrentaram três vezes no circuito profissional e Federer venceu dois duelos.

Em Montreal, Zverev buscará o quinto título no ano, o sexto na carreira e o segundo consecutivo com a assessoria técnica do ex-numero 1 do mundo Juan Carlos Ferrero.

A ida à final em Montreal coloca Zverev como número três do ranking mundial.

Já a bela campanha de Shapovalov pode figurar na próxima segunda-feira entre os 50 melhores do mundo.

SEUCLUBE
atlético mineiro
botafogo
corinthians
cruzeiro
flamengo
fluminense
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance