Tenista local e jogadora que nasceu em projeto social nas quartas em Itajaí (SC)
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Tenista local e jogadora que nasceu em projeto social nas quartas em Itajaí (SC)

Guilherme Brizuela
Luiz Candido/Luz Press
TÊNIS NEWS - 10/10/2018 - 23:10
Itajaí (SC)
Atleta que treina em Itajaí (SC) e tenista que começou a jogar através de um projeto social no interior de Goiás foram destaques nesta quarta-feira e se classificaram para as quartas de final da 10ª Copa Santa Catarina Internacional de Tênis, torneio realizado no Itamirim Clube de Campo, em Itajaí (SC), com pontuação para o ranking mundial da Federação Internacional de Tênis até 18 anos. O evento conta com 379 atletas de 13 países e termina no sábado. O torneio tem entrada gratuita.

A tenista de Minaçu (GO), a goiana Nalanda Teixeira, de 15 anos, superou a brasileira Isabela Mercante por 5/7 7/5 6/1 e vai brigar por vaga na semifinal diante da britânica Mila Burek que desbancou a catarinense Namie Isago por 6/4 6/0.

Nalanda é a segunda melhor jogadora da América do Sul na categoria 16 anos e disputou o Mundial da categoria em Budapeste, na Hungria. Ela começou a jogar aos nove anos graças do projeto social Quadra de Talentos coordenado pelo técnico da Federação Francesa de Tênis, Laurent Philippe que se radicou no Brasil. O projeto, que bancava a carreira da atleta até então, terminou no ano passado por conta da crise financeira e Nalanda foi acolhida por academia no Rio de Janeiro que paga suas despesas de treinamento, moradia e algumas viagens através de pequenos apoiadores.

A jogadora não tem um patrocínio e sua família é humilde. Seu pai está desempregado. Trabalhava como operador de máquinas em uma fábrica de amianto em Minaçu (GO) e quando restava um ano para completar 20 anos de serviço e ter direito à aposentadoria, acabou demitido por conta da falência da empresa. Sua mãe conseguiu emprego recente em uma escola. Os pais vivem em Goiânia graças a ajuda de um incentivador da carreira da atleta que doou uma casa ociosa para eles.

A principal favorita ao título do torneio, a finlandesa Alexandra Antilla, que vem de título em Salvador (BA), manteve o embalo e aplicou 6/1 6/2 em Paolo Campigiotto e vai encarar a quinta favorita, Lorena Cardoso que bateu a jovem de 13 anos, Amanda Oliveira, por 6/1 6/4. A segunda favorita, a colombiana Gabriela Giraldo, passou pela brasileira Livia Cavalcanti por um duplo 6/3 e medirá forças diante da lucky-loser Sofia Mendonça.

Entre os homens destaque para Gabriel Brizuela, que treina no Itamirim Clube de Campo, na academia ADK Tennis. Ele derrotou o terceiro favorito, Nicolas Zanellato por 7/6 (7/5) 6/1 e vai duelar contra o argentino Ezequiel Monferrer, que passou pelo paraense Joaquim de Almeida.

O paulista Rafael Marques, principal favorito, passou sem sustos por Bryan Kuntz e medirá forças diante do colombiano Gabriel Hurtado. Daniel Szuczpak superou o mineiro radicado em Joinville (SC), João Victor Loureiro, melhor da América do Sul nos 16 anos no ano, por 6/3 6/4 e enfrenta Eduardo Taiguara. O segundo favorito, o americano Dali Blanch, passou por Luiz Santos por 6/0 6/1 e enfrenta o cearense Jackson Xavier.

A rodada desta quinta-feira define os semifinalistas e começa não antes das 9h na categoria principal mundial e nas categorias Sul-Americanas até 14 e 16 anos. Nesta quinta-feira larga o torneio dos 12 anos masculino e feminino com pontos para o ranking nacional da Confederação Brasileira de Tênis.

O torneio tem por tradição revelar grandes talentos. O primeiro campeão, na edição 2009, foi Thiago Monteiro, atual número 1 do país que já figuou no top 80 do mundo e derrotou nomes como Jo-Wilfried Tsonga quando era top 10 mundial. Em 2013 o mineiro João Menezes levantou o troféu e hoje ocupa um lugar entrs os 300 melhores do mundo e quarto melhor do país no profissional. Vencedora em 2014, Thaísa Pedretti hoje está entre as cinco melhores do país no profissional e Marcelo Zormann, vencedor em 2012, levantou o título de Wimbledon nas duplas juvenil, o evento com maior prestígio do tênis.

O torneio terá atletas de 13 países. São jogadores do Brasil, Peru, Finlândia, Grã-Bretanha, Colômbia, Argentina, Paraguai, Estados Unidos, Índia, Uruguai, Chile, Itália e Holanda.

Confira os resultados de momento desta terça-feira (09/10):

Quadra 1

Isabel OLIVEIRA (BRA) [3] 3/6 7/5 6/0 Krystal BLANCH (USA)

. Mila BUREK (GBR) 6/4 6/0 Namie ISAGO (BRA) [8]

Eduardo TAIGUARA (BRA) [4] 6/2 6/2 Gustavo MADUREIRA (BRA)

Ezequiel MONFERRER (ARG) 6/3 7/5 Joaquim DE ALMEIDA (BRA)

Quadra 2

Lorena MEDEIROS CARDOSO (BRA) [5] 6/1 6/4 Amanda DE OLIVEIRA (BRA)

Sofia DA CRUZ MENDONCA (BRA) 7/6 (1) 2/6 6/3 MARIA FERNANDA MENEZES (BRA)

Gabriel HURTADO (COL) [7] 7/5 6/1 Kaue MACIEL COSTA (BRA)

Jackson PEREIRA XAVIER (BRA ) [5] 6/4 3/6 6/0 Lucas AMORIM DE LIMA (BRA)

Quadra 3

Alexandra ANTTILA (FIN) [1] 6/1 6/2 Paola SILVA CAMPIGOTTO (BRA)

Nalanda TEIXEIRA DA SILVA (BRA) [4] 5/7 7/5 6/1 Isabela MERCANTE (BRA)

Daniel SZCZUPAK (BRA) 6/3 6/4 Joao Victor Couto LOUREIRO (BRA) [6]

Guilherme BRIZUELA (BRA) 7/6 (5) 6/1 Nicolas ZANELLATO (BRA) [3]

Quadra 4

Erika Wichin CHENG (BRA) [7] 6/2 6/0 Alice MARQUES (BRA)

Gabriela GIRALDO (COL) [2] 6/3 6/3 Livia CAVALCANTI (BRA)

Rafael MARQUES DA SILVA (BRA) [1] 6/1 6/1 Bryan AGUIAR KUNTZ (BRA)

Dali BLANCH (USA) [2] 6/0 6/1 Luiz Eduardo SANTOS (BRA)

Todos os Campeões:

2017 - Natan Rodrigues (BRA) / Jaedan Brown (EUA)

2016 - Matheus Pucinelli (BRA) / Vitoria Okuyama (BRA)

2015 - Lucas Koelle (BRA) / Anastasia Imachkine (PER)

2014 - Igor Marcondes (BRA) / Thaísa Pedretti (BRA)

2013 - João Menezes (BRA) / Isabella Camargo (BRA)

2012 - Marcelo Zormann (BRA) / Jazzi Plews (GBR)

2011 - Pedro Dumont (BRA) / Eduarda Santos (BRA)

2010 - Bruno Sant´Anna (BRA) / Raffaela Miiller (BRA)

2009 - Thiago Monteiro (BRA) / Catalina Pella (ARG)

Facebook Lance Twitter Lance