US Open é confirmado sem quarentena e jogadores liberados para Europa
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

US Open é confirmado sem quarentena e jogadores liberados para Europa

Novak Djokovic - Tenista
(Foto: Reprodução)
TÊNIS NEWS - 24/07/2020 - 08:50
Nova York (EUA)
O US Open está garantido. A organização garantiu com o governo que os tenistas vão poder chegar e sair do país sem fazer quarentena e jogarem os torneios na Europa em seguida se não contraírem o coronavírus.

A USTA já havia deixado claro que desejava organizar o Aberto dos EUA mesmo com o cancelamento de Washington confirmado na última terça-feira. A carta da ATP e WTA foi aprovado pelo governo do país que não precisará de quarentena aos jogadores, teste PCR aos atletas de coronavírus até chegar no hotel.


As medidas vão começar no dia 15 de agosto e o início de Cincinnati no masculino e feminino será no dia 20.



No momento, o estado de Nova York é o mais seguro.

Está assegurado aos atletas que na conclusão do US Open eles possam jogar Madri, Roma e Roland Garros, só tendo que apresentar um certificado que prova que saíram dos EUA livres do coronavírus.
Os tenistas devem permanecer fechados em seus quartos até darem negativos nos controles PCR na chegada a Nova York. Somente com o teste negativo é que poderão entrar no torneio para treinar. Terá um segundo exame 40 horas depois para confirmar que estão aptos a jogar.

O processo será repetido para os que não tenham anticorpos a cada quatro dias. Para os que tenham anticorpos, como deve ser o caso de Novak Djokovic , Grigor Dimitrov e Borna Coric, o controle será a cada sete dias.

Outro plano de ação é caso o jogador dê positivo. Teriam em conta variáveis como se é assimtomático ou não, se já tem anticorpos. O infectado ficará isolado por 14 dias e, se compartilhar o quarto com alguém mais, essa pessoa terá um quarto.

A organização assegura que se um tenista der positivo em sua chegada terá a opção de jogar o US Open que é o segundo evento da gira, caso esteja recuperado. Através de um sistema introduzido nas credenciais se poderá controlar se alguém está mantendo contato com aguém infectado pelo vírus.

Serão dois hoteis em Nova York aos atletas, o Long Island Marriott e o The Garden City Hotel. Ambos a 30 minutos do local de disputa. Cada jogador poderá reservar dois quartos de hotel sendo um deles pago pela organização do torneio.

Ainda há a opção de aluguel de um número de casas privadas com preço mínimo de 40 mil dólares. Nesse caso os tenistas vão pagar pelos gastos.



Os tenistas terão obrigação de chegar nos EUA quatro dias antes da primeira partida seja para jogar Cincinnati ou o US Open que começa em 31 de agosto. O hotel começa a ser pago pela organização a partir de 15 de agosto.

Para minimizar os riscos de contágio, apenas um acompanhante é permitido nas quadras. Mesmo assim essa medida pode ser flexibilizada após os testes PCR de todos os membros da equipe. Terá uma informação definitiva no dia 27 de julho.

Os 32 cabeças de chave domasculino e femininoterão suítes na quadra Arthur Ashe.

Os carros oficiais do torneio terão 50% da capacidade para facilitar o distanciamento social. Será instalada uma academia nova ao ar livre no Billie Jean King Tennis Center com máximo de 30 pessoas nos vestiários. Todos os serviços aos tenistas serão virtuais desde reserva de quadra até cobrança de premiação.

Facebook Lance Twitter Lance