Murray anuncia que vai se aposentar em Wimbledon
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Murray anuncia que vai se aposentar em Wimbledon

Andy Murray chora ao anunciar aposentadoria do tênis
Foto: Tennis Australia
Tênis News - 11/01/2019 - 00:33
Melbourne (Austrália)
O escocês ex-número 1 Andy Murray acaba de anunciar em Melbourne, na Austrália, que irá se retirar o tênis profissional este ano, em Wimbledon, onde é bicampeão (2013 e 2016). Chorando muito, o escocês comunicou aos jornalistas sua decisão.

Murray, há exato um ano, interrompia o ano de competições para ser submetido a uma cirurgia no quadril, ali mesmo na Austrália, com um dos maiores especialistas do mundo para a colocação de uma prótese. O objetivo da cirurgia era livrar o escocês das dores constantes na região e forçar lesões em regiões como as costas.

O bicampeão olímpico chegou a ser retirado da sala de imprensa em virtude da emoção que o tocou, mas retornou e relevou seus planos de jogar em Melbourne onde foi cinco vezes vice-campeão (2010, 2011, 2013, 2015 e 2016) e garantiu que deve apresentar um nível baixo: "A dor é muito grande, mesmo. Eu não quero continuar jogando deste jeito", confessou.

O escocês contou os planos de se retirar do circuito profissional na grama sagrada de Wimbledon, entretanto, disse que ainda "não tem certeza de que será possível".

Andy Murray disse ainda que pode se aposentar em definitivo já após sua participação no Australian Open e que ainda há "uma chance de melhora" com outra cirurgia. Porém esta nova intervenção cirúrgica seria feita após ele parar de jogar profissionalmente e visando dar a ele uma qualidade de vida melhor.

O tenista se consultou ontem com o médico australiano que o operou e disse que é "muito difícil lidar com as dores intensas" um ano após a cirurgia. Murray fez questão de aclarar: "Eu posso jogar com limitações. Mas tendo limitações e dor não vai me permitir que eu curta treinar e competir", desabafou.

Questionado se pretende dedicar-se ao circuito de duplas, Andy Murray rechaçou a possibilidade.

Andy Murray no tênis...

Aos 31 anos, Andy Murray é o quarto expoente de uma das mais vitoriosas gerações do tênis. São 45 títulos profissionais em nível ATP, três deles em Grand Slam: Wimbledon (2013 e 2016) e o US Open (2012) e 14 Masters 1000. Até o momento, o escocês tem 663 vitórias e 190 derrotas em toda a carreira.
Filho de uma treinadora de tênis e irmão de um dos maiores duplistas da atualidade - o parceiro do mineiro Bruno Soares, Jamie Murray - Andy começou a jogar tênis aos 3 anos de idade e aos 15 tomou a decisão de mudar-se para Barcelona, na Espanha, onde terminou de se preparar para a vida como profissional de tênis.

Considerada a quarta força do 'Big Four', Murray é o maior tenista da história da Grã-Bretanha na Era Aberta e ficou 41 semanas, entre novembro de 2016 e agosto de 2017 na liderança do ranking mundial.

A emoção de Murray:


¡Toda la emoción de Andy Murray! El británico no pudo ocultar las lágrimas antes de anunciar que se retirará luego de Wimbledon. 🎾😢😔

Crédito: @AustralianOpen#TENISxESPNpic.twitter.com/SM3cTgKzTA
— ESPN Tenis (@ESPNtenis) January 11, 2019


Facebook Lance Twitter Lance