LANCE! Espresso: Entre Neymar e a faixa de capitão, Tite precisa reencontrar sua própria liderança
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

LANCE! Espresso: Entre Neymar e a faixa de capitão, Tite precisa reencontrar sua própria liderança

Tite e Neymar
Tite e Neymar (Foto: Divulgação)
Fabio Chiorino e Rodrigo Borges - 29/05/2019 - 08:20
São Paulo (SP)
Na primeira vez que entregou a faixa de capitão a Neymar, Tite tinha em mente aumentar a responsabilidade do jogador. A história mostrou que este objetivo jamais foi alcançado. Quem esperava uma postura de liderança do camisa 10 logo percebeu que a faixa era só mais um mimo para a grande estrela da Seleção Brasileira.

Depois de anunciar a convocação para a Copa América e desconversar sobre o último episódio ocorrido com Neymar, em que socou um torcedor na final da Copa da França, o treinador deixou aberta uma decisão simples, que hoje tem proporção desmedida. Mas aí a TV Globo revelou que a braçadeira terá um novo dono, o lateral direito Daniel Alves, sem que Tite tenha oficialmente anunciado a mudança.

O Brasil perde muito tempo com discussões superficiais, que sempre giram em torno de Neymar, o craque-celebridade que atrai a maioria dos olhares da imprensa e dos torcedores. A perda do posto de capitão não pode ser encarada como um castigo de Tite. No fim das contas, ela nunca pertenceu, de fato, ao jogador. Era só um adorno que potencializava sua vaidade e não trouxe efeitos positivos em sua conduta. Tite perde a luta de encurtar o tempo de vida de discussões insignificantes. É hora de o treinador reencontrar sua própria liderança sobre o grupo.



Quer ler mais opinião e informação todos os dias? O LANCE! Espresso é uma newsletter gratuita que chega de manhã ao seu e-mail, de segunda a sexta. É uma leitura rápida e saborosa como aquele cafezinho de todos os dias, que vai colocar você por dentro das principais notícias do esporte. A marca registrada do jornalismo do LANCE!, com análises especiais. Clique aqui e inscreva-se.

Facebook Lance Twitter Lance