Estreia do Brasil tem R$ 22 milhões de renda e bate recorde no país
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Estreia do Brasil tem R$ 22 milhões de renda e bate recorde no país

Brasil x Bolívia
Seleção Brasileira venceu a Bolívia na estreia da Copa América (Foto: Pedro UGARTE / AFP)
Guilherme Gomes, Fellipe Lucena, Thiago Ferri e Valdomiro Neto - 14/06/2019 - 23:34
São Paulo (SP)
A estreia da Seleção Brasileira na Copa América bateu o recorde de renda em uma partida no futebol no país. A vitória por 3 a 0 sobre a Bolívia, nesta sexta-feira, no Morumbi, foi vista por 47 mil pessoas, com uma arrecadação de R$ 22.476.330,00.

A marca anterior também era do Brasil, nos 3 a 0 sobre o Chile no Allianz Parque, pela última rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018: R$ 15.118.391,02. A final da Libertadores de 2013 entre Atlético-MG e Olímpia (R$ 14.176.146,00), e as vitórias da Seleção sobre a Argentina também nas últimas Eliminatórias (R$ 12.726.250,00) e sobre o Paraguai (R$ 12.323.925,00) completam o top-5 de maiores arrecadações.

Os ingressos para a abertura da Copa América custavam entre R$ 190 e R$ 590, sem levar em consideração meia-entrada. ​A expectativa era de um público muito melhor do que os 47.260 presentes no Morumbi. A organização esperava algo em torno de 67 mil pessoas, o equivalente à capacidade máxima do estádio.

O público mostrou-se bastante distante da Seleção, até com vaias na ida para o intervalo. A partir do momento que os gols começaram a sair, o ambiente tornou-se mais amigável, até com gritos de olé. Após o apito final, os atletas foram aplaudidos.



Facebook Lance Twitter Lance