Del Nero, eufórico com Tite: 'Vamos ser hexa, ninguém vai nos bater'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Del Nero, eufórico com Tite: 'Vamos ser hexa, ninguém vai nos bater'

  •  Apresentação Tecnico Tite na Seleção Brasileira(Foto:LucasFigueiredo/Mowa Press)
    Tite e Marco Polo (Foto:LucasFigueiredo/Mowa Press)
  •  Marco Polo Del Nero, presidente da CBF (Foto: Ricardo Stuckert / CBF)
    Marco Polo Del Nero  (Foto: Ricardo Stuckert / CBF)
  •  Marco Polo Del Nero, presidente da CBF desde 2015 (Leo Correa / MoWA Press)
    Marco Polo Del Nero  (Leo Correa / MoWA Press)
  •  Marco Polo Del Nero, presidente da CBF (Foto: Leo Correa/Mowa Press)
    Marco Polo Del Nero (Foto: Leo Correa/Mowa Press)
  •  HOME - Entrevista coletiva da CBF - Marco Polo del Nero (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)
    Marco Polo Del Nero (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)
Igor Siqueira - 16/02/2017 - 13:43
Rio de Janeiro (RJ)
A campanha irretocável da Seleção Brasileira nas Eliminatórias desde que Tite assumiu a equipe tem deixado eufórico o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero. No discurso durante a cerimônia de entrega dos escudos da Fifa aos árbitros brasileiros do quadro internacional, o dirigente aproveitou a oportunidade para exaltar o trabalho do treinador e da comissão técnica, fazendo a previsão de título na Rússia, em 2018.

- Não é por acaso que estão em primeiro lugar. Eles estão porque estudam muito, trabalham muito. Nunca vi treinador chegar aqui na segunda, ir até a sexta e às vezes sábado e domingo discutindo - disse Del Nero, que completou:

- Por isso vamos ser hexacampeões do mundo, ninguém vai nos bater.

O presidente da CBF ainda valorizou o fato de Tite ter tirado de Neymar a responsabilidade de resolver os jogos para a Seleção.

- Tínhamos um protagonista. E agora? Quantos surgiram! Pela maneira de trabalhar do Tite - comentou.

Desde a demissão de Dunga, a Seleção venceu todas as sete partidas que disputou, sendo seis pelas Eliminatórias. O resultado é a liderança da corrida por uma vaga na Copa da Rússia. Os próximos compromissos são contra o Uruguai e o Paraguai, em março.

A satisfação de Del Nero com o time principal contrasta com a frustração pelo desempenho da equipe sub-20 nos Sul-Americano da categoria. O Brasil não conseguiu se classificar à Copa do Mundo.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance