Alô, Allianz Parque! Jesus vive noite perfeita e vira artilheiro da era Tite
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Alô, Allianz Parque! Jesus vive noite perfeita e vira artilheiro da era Tite

  •  Brasil x Chile
    Brasil x Chile Ale Vianna/Eleven
  •  Brasil x Chile
    Brasil x Chile GUGA GERCHMANN/RAW IMAGE
  •  Brasil x Chile
    Brasil x Chile Luis Moura / WPP
  •  Brasil x Chile
    Brasil x Chile Lucas Figueiredo/CBF
  •  Brasil x Chile
    Brasil x Chile Luis Moura / WPP
  •  Brasil x Chile
    Brasil x Chile Eduardo Carmim / Photo Premium
  •  Brasil x Chile
    Brasil x Chile Eduardo Carmim / Photo Premium
  •  Brasil x Chile
    Brasil x Chile Eduardo Carmim / Photo Premium
  •  Brasil x Chile
    Brasil x Chile Luis Moura / WPP
  •  Brasil x Chile
    Brasil x Chile Luis Moura / WPP
  •  Brasil x Chile
    Brasil x Chile Luis Moura / WPP
  •  Brasil x Chile
    Brasil x Chile Ale Vianna/Eleven
Fellipe Lucena e Marcio Porto - 11/10/2017 - 08:00
São Paulo (SP)
A noite que marcou o retorno de Gabriel Jesus ao Allianz Parque, palco de sua estreia como profissional, não poderia ter sido melhor para o ex-palmeirense. Ele foi muito festejado pela torcida, marcou dois gols na vitória da Seleção Brasileira sobre o Chile, por 3 a 0, e vai terminar o ano como artilheiro da equipe nas Eliminatórias e maior goleador da era Tite.

Em 11 jogos pela Seleção, Gabriel Jesus já marcou sete gols, todos nas Eliminatórias - ele ainda deu cinco assistências. Neymar marcou seis nesta edição do torneio. O único atleta que balançou mais redes que o camisa 9 brasileiro foi o uruguaio Cavani, com dez.


A ainda curta trajetória de Jesus com a camisa amarela foi toda construída com Tite no comando. Tanto o treinador quanto o atacante estrearam na vitória por 3 a 0 sobre o Equador, em Quito, em setembro do ano passado. Já titular, o atacante marcou dois gols naquela tarde.

- Jesus ainda não tinha explodido (quando Dunga era o técnico). Então como vai convocar? Hoje é um legado, e legado para o City. Eles têm de agradecer ao Palmeiras, ao Marcelo Oliveira, ao Cuca. O City tem de agradecer pela formação deles a esses técnicos também - disse o treinador.

Neymar era o artilheiro da era Tite, com seis gols, até ser ultrapassado pelo companheiro no jogo desta terça-feira. Ver o camisa 10 fora do primeiro lugar desta lista é raro: ele foi o principal goleador da Seleção Brasileira com todos os técnicos que o convocaram. Foram 17 gols com Mano Menezes, 18 gols com Luiz Felipe Scolari e 11 gols com Dunga.

- Eu sonho com a Copa desde pequeno. Lógico que tenho que trabalhar muito ainda para ser um dos escolhidos - disse o camisa 9, mantendo os pés no chão mesmo sabendo que sua presença na Rússia é praticamente certa.

Gabriel Jesus marcou 11 gols em 34 jogos pelo Palmeiras no Allianz Parque. Sua primeira partida como profissional foi uma vitória por 1 a 0 sobre o Bragantino, pelo Paulistão de 2015, em que substituiu Leandro Pereira aos 26 minutos do segundo tempo. Foi lá também que o garoto festejou seus dois títulos pelo Verdão: Copa do Brasil de 2015 e Brasileirão de 2016. Agora ele tem 12 gols, 25 vitórias, seis empates e apenas quatro derrotas no local.

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance