Torcida do São Paulo faz marcha fúnebre como forma de protesto
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Torcida do São Paulo faz marcha fúnebre como forma de protesto

  •  São Paulo x Redbull - Protesto
    Protesto da torcida do São Paulo no Morumbi Vilmar Bannach/O Fotografico
  •  Protesto do São Paulo - Morumbi
    Protesto da torcida do São Paulo no Morumbi Yago Rudá
  •  Protesto da torcida do São Paulo - Morumbi
    Protesto da torcida do São Paulo no Morumbi Yago Rudá
  •  Protesto do São Paulo - Morumbi
    Protesto da torcida do São Paulo no Morumbi Yago Rudá
  •  Protesto do São Paulo - Morumbi
    Protesto da torcida do São Paulo no Morumbi Yago Rudá
  •  Protesto do São Paulo - Morumbi
    Protesto da torcida do São Paulo no Morumbi Yago Rudá
  •  Protesto da torcida do São Paulo - Morumbi
    Protesto da torcida do São Paulo no Morumbi Yago Rudá
Yago Rudá - 11/03/2018 - 16:47
São Paulo (SP)
Incomodada com os seguidos maus resultados do São Paulo, as torcidas organizadas do Tricolor se uniram e fizeram uma marcha fúnebre antes de a bola rolar no Morumbi, neste domingo, dia de São Paulo x Red Bull Brasil pela última rodada da primeira fase do Paulistão. O grupo pediu o fim da corrupção no clube, a troca da diretoria, a permanência dos jogadores revelados nas categorias de base e a conquista de títulos, algo não visto pelos são-paulinos desde a temporada 2012, quando a equipe faturou a Copa Sul-Americana. 

Trajando roupas pretas, narizes de palhaço e trazendo consigo cruzes, caixões com os rostos dos dirigentes e faixas de ordem, os torcedores saíram das imediações do Shopping Butantã até chegarem ao estádio são-paulino. O protesto foi pacífico e os organizados não impediram a entrada dos torcedores comuns no Morumbi. 

Em total silêncio, o grupo caminhou até a entrada do estádio, mas não cruzou as catracas para assistirem ao duelo com o Red Bull Brasil. No meio do protesto, um carro equipado com som tocava uma canção triste que dava o tom da marcha fúnebre, além das batidas secas de dois tambores. 

Os organizadores do protesto prometeram ter uma postura mais crítica em relação aos jogadores, comissão técnica e diretoria. Ao contrário do ano passado, quando se aproximaram da gestão para ajudarem o clube a evitar o rebaixamento para a Série B do Brasileirão, os torcedores sinalizam que vão fazer jogo duro e cobrar melhoras dentro de campo. 

A marcha fúnebre acontece justamente no dia do anúncio do técnico Diego Aguirre como novo comandante do São Paulo. O uruguaio será apresentado no Tricolor na próxima segunda-feira (12), mas por problemas com sua documentação, ainda não deve comandar a equipe no meio da semana, quando o time mede forças com o CRB, pela Copa do Brasil. 

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance