Rodrigo Caio acredita em São Paulo prejudicado: 'É uma vergonha'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Rodrigo Caio acredita em São Paulo prejudicado: 'É uma vergonha'

Zagueiro foi expulso aos 35 minutos da etapa inicial por cotovelada em Marco Ruben
Zagueiro foi expulso aos 35 minutos da etapa inicial por cotovelada em Marco Ruben (Érico Leonan/saopaulofc.net)
William Correia - 13/04/2018 - 01:24
Enviado Especial a Rosário (ARG)
Fora da segunda e decisiva partida do confronto com o Rosario Central pela primeira fase da Copa Sul-Americana, o zagueiro Rodrigo Caio classificou a atuação do árbitro peruano Victor Carrillo como vergonhosa. O camisa 3 do Tricolor foi expulso aos 36 minutos do primeiro tempo por ter acertado o braço na cabeça do atacante Marco Ruben. 

- Não tinha sido falta. Ele só parou a jogada porque viu o jogador deles no chão e quando percebeu o sangue decidiu me dar o cartão vermelho. É uma vergonha. Fico triste por ter acontecido isso porque acaba prejudicando a minha equipe. É um erro do juiz e isso acaba acontecendo constantemente. Então, a gente precisa ter alguma atitude do pessoal superior a isso porque o futebol vem ficando chato. A juizada vem errando muito - disse o defensor do Tricolor, relembrando outros erros recentes da arbitragem. 

Foi o primeiro cartão vermelho do São Paulo em 22 jogos da temporada. Apesar da punição, o zagueiro fez questão de comentar sobre o lance e reiterar seu posicionamento sobre a falta que deixou o Tricolor com um jogador a menos em campo. A questão numérica foi apenas equilibrada aos  36 minutos do segundo tempo, quando Carrizo, capitão do Rosario Central, levou o segundo cartão amarelo por falta em Éder Militão. 

- Nem abri os braços, eu subi mais do que ele. Quando peguei a bola escorei para o Arboleda e acho que, na hora que eu caí, não sei, não senti que pegou no rosto dele. Na hora que o juiz viu o sangue ele me deu o vermelho. Ali é questão de jogo - pontuou Rodrigo Caio logo após o apito final  no estádio Gigante de Arroyito, na Argentina. 


No dia 9 de maio, às 20h45, o São Paulo recebe o Rosario Central, no Morumbi. Para avançar de fase, o Tricolor precisa de uma vitória simples. Empate sem gols leva o confronto para a decisão por pênaltis, enquanto qualquer igualdade com gols dá a vaga para a equipe argentina. 

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance