Raniel deve voltar a ser titular após 11 jogos e busca retomada no Tricolor
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Raniel deve voltar a ser titular após 11 jogos e busca retomada no Tricolor

Raniel
Raniel não começa jogando desde a derrota para o Inter, no Beira -Rio - FOTO: Divulgação/saopaulofc.net
Fellipe Lucena - 02/11/2019 - 07:00
São Paulo (SP)
Raniel deve ser a novidade da equipe titular do São Paulo no jogo contra a Chapecoense, às 21h deste sábado, na Arena Condá. O atacante de 23 anos foi testado por Fernando Diniz no treino desta sexta-feira e provavelmente iniciará o jogo na vaga de Alexandre Pato, que não foi bem como centroavante nos cinco jogos em que substituiu o lesionado Pablo.

Pode ser um recomeço para Raniel, que jogou como titular pela última vez no dia 7 de setembro, quando o Tricolor perdeu por 1 a 0 para o Internacional no Beira-Rio. Depois disso, a equipe fez 11 partidas e ele só participou de duas: entrou nos três minutos finais da vitória por 1 a 0 sobre o Avaí e jogou por 28 minutos na derrota por 3 a 0 para o Palmeiras, quarta-feira, quando acertou uma cabeçada na trave e produziu mais do que Pato mesmo com muito menos tempo em campo.

> TABELA
Clique aqui e veja tabela e simulador do Brasileirão




E MAIS:
Além de ter perdido a posição quando Pablo voltou de lesão, Raniel sofreu com alguns problemas médicos: teve dores no joelho que o tiraram da partida contra o Goiás, uma indisposição estomacal que o deixou fora do jogo contra o Fortaleza e uma amigdalite que o fez ser desfalque contra Bahia e Corinthians. Essas duas últimas enfermidades vieram em sequência e o fizeram ficar internado e perder bastante peso. Ele esteve à disposição nos últimos quatro jogos e, aos poucos, vai ganhando espaço com Diniz.

O início do atacante no clube foi animador. Ele estreou no empate por 1 a 1 com o Palmeiras, pelo primeiro turno, quando substituiu Pablo no intervalo. Foi titular logo no jogo seguinte, contra a mesma Chapecoense que o Tricolor enfrentará nesta noite, e marcou um dos gols da vitória por 4 a 0. Manteve a posição por mais cinco partidas, até ser expulso logo no primeiro tempo contra o Vasco. Após cumprir suspensão contra o Grêmio, retornou diante do Inter e depois iniciou o período de baixa.

O São Paulo se comprometeu a pagar cerca de R$ 15 milhões por 50% dos direitos de Raniel. O clube só começará a arcar com o valor em 2020.


Facebook Lance Twitter Lance