Lugano é homenageado pelo São Paulo e confessa ter medo de parar
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Lugano é homenageado pelo São Paulo e confessa ter medo de parar

SÃO PAULO X BAHIA
O jogador teve uma tarde especial no Morumbi, mas ainda não se decidiu sobre futuro (MIGUEL SCHINCARIOL/AsImagens)
Yago Rudá - 03/12/2017 - 21:26
São Paulo (SP)
Acompanhado pelos dois filhos, o uruguaio Diego Lugano concedeu sua última entrevista coletiva como jogador do São Paulo. Logo depois de ter enfrentado o Bahia, no Morumbi, o zagueiro foi homenageado pela diretoria tricolor e ganhou uma camisa com a assinatura de todos os atletas do atual elenco. Apesar das constantes demonstrações de carinho recebidas nos últimos dias, o ídolo ainda não definiu o que fará no ano que vem, mas sinalizou que deve dar uma resposta até o fim deste mês.

- Sinto uma paz interior e uma alegria por ter dado tudo ao São Paulo. Dei ao clube coisas que nunca sonhei. Sou o cara mais grato do mundo por esses 15 anos de relacionamento com o São Paulo. Vivenciei derrotas e vitórias com intensidade e dedicação. Estou muito tranquilo para tomar qualquer decisão que nos próximos dias tenho que tomar, declarou o jogador.

Antes de dar sua última entrevista como atleta do clube do Morumbi, o uruguaio ouviu as palavras de agradecimento do presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. O cartola fez questão de lembrar todas as conquistas de Lugano com a camisa do São Paulo e desejou boa sorte ao defensor, independente de qual seja sua ocupação a partir do ano que vem.

- Que sua identificação visceral seja exemplo para as próximas gerações. Ele (Lugano) é uma referencia de conduta, caráter e amor por essa camisa. Todos os nossos jogadores tem um apreço e uma paixão por ele. Diego, obrigado por tudo, discursou o presidente do clube antes de entregar o presente para o camisa 5 da equipe de Dorival Júnior. 


O São Paulo fez uma proposta ao zagueiro para assumir um cargo diretivo na próxima temporada, mas Lugano ainda não respondeu. O jogador entende que pode adiar o fim da carreira como jogador profissional já que ainda exibe boa forma física e, por isso, teria espaço em algum outro clube da América do Sul. Por outro lado, sua idade avançada para um atleta de alto rendimento (37 anos) pode pesar em sua decisão.

- Tenho um pouco de medo de tomar uma decisão precipitada. Preciso de mais tempo para saber o que tenho necessidade. Estes últimos meses no São Paulo foram tão intensos e lindos que não tive tempo para pensar nisso. Me dediquei em aproveitar este momento, afirmou o camisa 5 do São Paulo.

Mesmo com a dúvida na cabeça, o ídolo - símbolo da raça em conquistas históricas como a Copa Libertadores e o Mundial de 2005 - fez questão de ressaltar que sua decisão apenas será tomada após uma conversa com seus familiares, no Uruguai. Nos dias que antecederam seu adeus, Lugano preferiu aproveitar a energia emanada da torcida e de seus companheiros. 

- A diretoria do São Paulo se aproximou para saber qual era minha intenção de vida para tentar que eu ficasse no clube. Por tudo o que falei anteriormente, não tive uma resposta. Nem sequer deu uma resposta, pois seria irresponsável. Primeiro, comigo mesmo. Depois, com o clube. Ainda não tomei minha decisão, argumentou o jogador, colocando um ponto final nas especulações sobre se permanecerá, ou não, atuando como jogador em 2018.

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance