São Paulo 'junta os cacos' na última semana antes da pausa nos jogos
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

São Paulo 'junta os cacos' na última semana antes da pausa nos jogos

São Paulo x Cruzeiro - Cuca
Cuca terá trabalho para evitar mais prejuízos nesta semana (Foto: Renato Gizzi/Photo Premium/Lancepress!)
Alexandre Guariglia - 10/06/2019 - 07:00
São Paulo (SP)
Parece óbvio que o São Paulo chega nesta última semana antes da pausa para a Copa América insatisfeito com o desempenho e com os números atuais. A má fase dentro de campo, a irritação da torcida, os inúmeros desfalques, a eliminação na Copa do Brasil e a falha na busca pela meta de pontos para esta fase do Brasileirão, são elementos que fazem o time partir "estilhaçado" para enfrentar o Atlético-MG, último compromisso antes do desejado respiro.

Com o empate em 0 a 0 diante do Avaí, no último sábado, a equipe não irá conseguir atingir a meta de pontos estabelecida por Cuca para as nove rodadas que antecedem a pausa. O técnico pretendia conquistar 18 pontos, mas terá no máximo 16, caso vença o Galo na próxima quinta-feira. No momento são 13 pontos, seis atrás do líder Palmeiras, que poderão ser nove, caso o STJD confirme a vitória do rival sobre o Botafogo.

Os resultados, definitivamente, não estão vindo. A igualdade em Santa Catarina foi o sexto jogo consecutivo da temporada sem vitória são-paulina. Para piorar, marcou apenas um gol neste período. Se compararmos os números do Tricolor em 2019 com os dos clubes da Série A, veremos que a equipe do Morumbi tem o pior aproveitamento geral, o pior aproveitamento como mandante, o pior ataque em média e em números absolutos, e o menor número de vitórias.



E MAIS:
Em relação ao desempenho, isso também está bem longe de ser o ideal e de merecer resultados melhores. Sem inspiração, sem repertório e sem mostrar evolução, o São Paulo parece estagnado, com pouco (ou nada) a crescer diante das condições atuais. Nem mesmo a semana livre, somente com treinos, rendeu um passo à frente na qualidade da apresentação tricolor.

Se os treinamentos não estão rendendo o que se esperava, é preciso ressaltar os vários desfalques que impedem Cuca de escalar o time com força máxima. Pablo, Rojas, Arboleda, Antony, Tchê Tchê, Everton e Liziero só poderão atuar depois da Copa América. Todos eles jogadores com os quais a comissão técnica conta para a montagem de um "esquema ideal", inclusive como peças de reposição para mudar o cenário de jogos com variações táticas.

Hernanes e Igor Vinícius, que estiveram fora da viagem para Florianópolis, voltam a ficar disponíveis para Cuca e certamente integrarão o time titular que enfrenta o Atlético-MG, nesta quinta-feira, às 20h, no Independência. Uma provável escalação deve ser: Tiago Volpi; Igor Vinícius, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Luan, Hudson e Hernanes; Vitor Bueno, Tóro e Pato.

A busca agora é por "juntar os cacos" e partir para a pausa para a Copa América com o mínimo de prejuízo possível, mesmo diante de tantos problemas. A expectativa é de que o mês de hiato possa servir para encontrar soluções para grande parte dessas questões que assolam o Tricolor.


Facebook Lance Twitter Lance