Hudson volta ao time e desafia tabu: 'Gosto da grama sintética da Arena'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Hudson volta ao time e desafia tabu: 'Gosto da grama sintética da Arena'

Hudson se recuperou de contratura na coxa direita e deve ser titular neste sábado
Hudson se recuperou de contratura na coxa direita e deve ser titular neste sábado (Érico Leonan/saopaulofc.net)
William Correia e Yago Rudá - 08/06/2018 - 13:26
São Paulo (SP)
O São Paulo realizou um treino fechado à imprensa na manhã desta sexta-feira, mas Hudson se recuperou da contratura na coxa direita que o tornou desfalque contra o Inter, na terça-feira, trabalhou sem restrições e deve ser titular contra o Atlético-PR, neste sábado. Pronto para fazer o time vencer pela primeira vez na história da Arena da Baixada, até aprovando a grama sintética do estádio.

- Particularmente, gosto da grama sintética da Arena da Baixada. Não vejo problemas. Pensamos em fazer um bom jogo, que, consequentemente, nos deixará perto de um resultado positivo que seria de suma importância depois de ter feito só um ponto nos últimos seis disputados - disse Hudson ao LANCE!, minimizando seu problema muscular.

- Não tive uma lesão em si, foi uma contratura leve, que é o que antecede à lesão. Por isso, saí no primeiro tempo do jogo contra o Palmeiras e fui preservado contra o Internacional. Mas está indo bem, deu para fazer fisioterapia e fortalecimento nesse tempo que me ajudou bastante - celebrou.

Por ter perdido do Palmeiras no fim de semana e ficado no 0 a 0 diante do Inter, na terça-feira, o São Paulo saiu da vice-liderança para a sexta posição do Campeonato Brasileiro, com 17 pontos. No último jogo, chegou a receber vaias no Morumbi, mas atuou bastante desfalcado.

- Tivemos um time bastante mudado do que vinha jogando e jogamos contra um boa equipe, que está na parte de cima da tabela. Era natural encontrar dificuldades durante a partida - comentou Hudson, na torcida para que as ausências não aumentem com a janela de transferências internacionais aberta nesta metade de ano.

- A saída de jogadores na janela do meio do ano é bem comum, principalmente no São Paulo, que sempre é uma grande vitrine. Quanto menos jogadores saírem, melhor será para a continuação do trabalho e evolução que a equipe vem tendo. Se ocorrerem as saídas, esperamos que os que naturalmente vierem para suprir possam se adaptar rapidamente e nos ajudar também.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance