Cueva não se vê insubstituível e vibra com gol 'à la Romário' em Natal
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Cueva não se vê insubstituível e vibra com gol 'à la Romário' em Natal

  •  ABC x São Paulo
    Cueva tem seis gols e quatro assistências em 12 partidas na temporada Rubens Chiri / saopaulofc
  •  ABC x São Paulo
    Cueva tem seis gols e quatro assistências em 12 partidas na temporada Rubens Chiri / saopaulofc
  •  ABC x São Paulo
    Cueva tem seis gols e quatro assistências em 12 partidas na temporada Rubens Chiri / saopaulofc
  •  Cueva e Rogério Ceni - São Paulo
    Cueva tem seis gols e quatro assistências em 12 partidas na temporada (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)
  •  Cueva - São Paulo
    Cueva tem seis gols e quatro assistências em 12 partidas na temporada (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)
LANCE! - 15/03/2017 - 21:53
São Paulo (SP)
O São Paulo chegou nesta quarta-feira a 14 jogos na temporada. Foram 12 com Cueva em campo, inclusive no torneio amistoso da Florida Cup. E, na média, o peruano é decisivo a cada 0,83 partida, seja com gols ou assistências. Contra o ABC, em Natal, chegou ao sexto tento no ano e garantiu o empate em 1 a 1 e a vaga na quarta fase da Copa do Brasil.

Ponto de equilíbrio somos todos. O resultado é produto do trabalho em equipe. Tenho ótimos jogadores a meu lado e isso me deixa mais tranquilo para jogar. Estou feliz por tudo o que estamos passando, mas não ganhamos nada ainda. É seguir trabalhando. Temos que jogar cada partida como uma final - afirmou o camisa 10.

- Somos todos importantes para este clube. Conseguimos ser uma família. Quando perdemos, nos levantamos todos juntos. É um momento bom, mas quero mais pelo São Paulo. Só com um título saberemos.

Juntam-se aos seis gols mais quatro assistências em 2017. Mas nada que faça Cueva admitir uma dependência do time por seu futebol. Contra Palmeiras e Novorizontino, quando foi poupado, a equipe perdeu por 3 a 0 e empatou em 2 a 2. Com ele em campo, tropeços por 4 a 2 para o Osasco Audax e mais um empate em 2 a 2, com o Mirassol.

- São Paulo nunca dependeu de mim, pessoalmente. O São Paulo sempre teve grandes jogadores e segue tendo, e cada um faz seu trabalho. Estou feliz de estar aqui e sigo dando tudo pelo São Paulo. Tenho esse problema na coxa esquerda, então foi melhor prevenir (saiu mais uma vez no segundo tempo, dando lugar a Lucas Fernandes). Todos precisam estar aptos para as decisões do técnico - minimizou o armador, que ainda comentou o gol marcado:

- O campo não ajuda muito, estava um pouco desnivelado, então peguei à la Romário, de bico - brincou o meia, fã do futebol brasileiro desde criança.

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance