Contra a Ponte de Fabuloso, Hernanes carrega São Paulo e pode igualar marca do artilheiro
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Contra a Ponte de Fabuloso, Hernanes carrega São Paulo e pode igualar marca do artilheiro

  •  São Paulo x Cruzeiro
    Hernanes comemora um de seus gols na vitória sobre o Cruzeiro no Morumbi (Foto: Pedro Vale/Eleven/Lancepress!)
  •  São Paulo x Cruzeiro
    Meia marcou de falta e de pênalti contra a equipe mineira na vitória por 3 a 2 (Foto: Daniel Vorley/AGIF/Lancepress!)
  •  São Paulo x Cruzeiro
    Hernanes em ação contra o Cruzeiro (Foto: Maurício Rummens/Fotoarena/Lancepress!)
  •  Hernanes - Botafogo x São Paulo
    Hernanes comemora gol contra o Botafogo no Engenhão (Foto: Rubens Chiri/São Paulo)
  •  Hernanes - Botafogo x São Paulo
    Duelo no Rio de Janeiro marcou a reestreia do meia pelo São Paulo (Foto: Luciano Belford/AGIF)
  •  Apresentação - Hernanes
    Hernanes em sua apresentação de volta ao Tricolor (Foto: Marcello Fim/Raw Image/Lancepress!)
  •  Hernanes
    Hernanes posou em entrevista exclusiva para o LANCE! Eduardo Viana/LancePress!
Marcio Porto - 09/09/2017 - 06:15
São Paulo (SP)
Na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. o São Paulo tem um jogo-chave contra a Ponte Preta neste sábado às 19h no Morumbi. Na penúltima colocação do campeonato, o Tricolor precisa muito da vitória. E conta com a força de Hernanes, fundamental para o time desde que retornou ao clube. O início do meia é tão bom que se marcar contra a Macaca igualará Luis Fabiano em uma marca histórica.

Hernanes tem seis gols em seis jogos desde que voltou. Já Fabuloso, segundo maior artilheiro da história do clube e formado na Ponte Preta, fez sete nos dez primeiros jogos em 2001 e novamente em 2002, quando retornou do Rennes, da França. O recordista é o atacante Reinaldo, que em 2002 marcou oito gols em seus dez primeiros duelos com a camisa tricolor. 

Isso quer dizer que Hernanes ainda tem mais quatro jogos para igualar ou superar Fabuloso e, quem sabe, Reinaldo. No entanto, a necessidade do Tricolor é urgente e a dependência do meia é enorme. Além dos gols, o Profeta tem sido importante nas cobranças de bola parada, na armação do time e na liderança, inclusive tendo recebido a faixa de capitão do argentino Lucas Pratto.

Em bate-papo recente no CT da Barra Funda, Hernanes disse que não estava surpreso com seu desempenho, mas um pouco com a fase artilheira. Dos seis gols, três foram de pênaltis.

- Os pênaltis ajudam para que os números, a média, sejam bons, e cresça. Mas não estou surpreso com meu desempenho, não - afirmou.

Com 23 pontos ganhos, o São Paulo pode sair da zona do rebaixamento caso vença a Ponte Preta. Um resultado positivo também o aproximaria do adversário, que está com 27 pontos, na 13ª colocação no campeonato. A vitória é essencial, e o Morumbi novamente deve ter um bom público, já que foram vendidos quase 30 mil ingressos antecipadamente. 

A situação do São Paulo seria muito pior sem Hernanes. Sem seus gols, o time teria cinco pontos a menos e seria o lanterna da competição. Isso ajuda a explicar a euforia pelo recomeço do Profeta, que caminha para fazer história. Ao todo, ele tem 229 partidas e 44 gols pelo Tricolor, contando as duas passagens. É fé no Profeta!

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance