Aguirre lamenta trocas inesperadas e vê São Paulo longe da luta pelo título
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Aguirre lamenta trocas inesperadas e vê São Paulo longe da luta pelo título

São Paulo x Flamengo
Aguirre praticamente jogou a toalha na briga pelo título brasileiro (Foto: Mauricio Rummens / Fotoarena)
LANCE! - 04/11/2018 - 20:11
São Paulo (SP)
A pouco mais de dez minutos do fim, o São Paulo viu uma excelente vitória sobre o Flamengo se transformar em um empate insatisfatório em 2 a 2, neste domingo, no Morumbi. O resultado acaba trazendo a realidade para o time paulista, que sofreu com a perda de peças importantes e o desgaste de jogadores nos momentos finais do duelo, diagnóstico dado pelo técnico Diego Aguirre, após o jogo.

O uruguaio, que já não podia contar com jogadores como Hudson, Rojas, Éverton e Éverton Felipe, precisou fazer alterações inesperadas no segundo tempo, que acabaram contribuindo para que os cariocas chegassem ao empate com Rodinei. Para ele, o time não conseguia sair da defesa e atraiu o adversário para perto da própria meta.

- Penso que em um momento bom, depois do gol do Helinho, foi a melhor versão do time. Poderíamos ter feito um terceiro gol. Vocês viram o que aconteceu. Foram mudanças não planejadas. O Carneiro estava bem. Sentiu a intensidade do jogo. Depois teve o tornozelo do Luan, quando o time ficou sem saídas. São coisas que acontecem e temos que tentar resolver. Nos últimos minutos, é verdade, não encontramos uma resposta para contra-atacar. Por isso, a sensação é ruim - lamentou o comandante.

Com o empate, o São Paulo ficou nove pontos atrás do Palmeiras, líder do campeonato, na tabela de classificação, deixando o sonho do título mais distante, apesar de matematicamente possível. Aguirre concorda com essa dificuldade, e praticamente jogou a toalha quanto à briga pela taça. De acordo com o treinador, a equipe foi mais longe do que o esperado, e agora encara a realidade.

- A primeira coisa é ver a posição final do São Paulo. Tenho falado muito das expectativas. Quando comecei a trabalhar aqui, elas não eram tão altas. Não era pensar no título. O objetivo do clube era voltar a disputar a Copa Libertadores, que é uma coisa normal no São Paulo. Por um momento, a ilusão foi muito grande. Ficamos longe das primeiras posições e veio um clima de tristeza. Ficamos perto de uma coisa que vimos perto por um momento. Queríamos todos ser campeões, mas temos que assumir a realidade. O São Paulo está em um processo de melhora. Sinto que ajudamos para que o São Paulo esteja um pouco melhor - concluiu.

O São Paulo volta a campo no próximo sábado, às 17h, para enfrentar o Corinthians, fora de casa. O clássico paulista é válido pela 33ª Rodada do Brasileirão-2018.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance