Russos recuam por zagueiro do Santos após 'intromissão' de agentes
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Russos recuam por zagueiro do Santos após 'intromissão' de agentes

  •  Lucas Veríssimo, do Santos
    Lucas Veríssimo foi titular em 60 jogos no ano passado Ivan Storti
  •  Lucas Veríssimo, do Santos
    Zagueiro subiu do time B no início de 2016 (Foto: Divulgação)
  •  Lucas Veríssimo, do Santos
    Defensor de 22 anos jogou a primeira Libertadores em 2016 (Foto: Ivan Storti)
  •  Lucas Veríssimo, do Santos
    Lucas Veríssimo chegou ao Santos para jogar no sub-20 (Foto: Divulgação)
  •  Lucas Veríssimo, zagueiro do Santos
    Peixe é dono de 80% dos direitos do atleta  (FOTO: Ivan Storti)
  •  Lucas Veríssimo Santos
    Veríssimo passou a ser titular no ano passado Ivan Storti/Santos
Russel Dias - 11/01/2018 - 15:32
Santos (SP)
A negociação entre Spartak Moscou e Santos por Lucas Veríssimo esfriou. Os russos se irritaram após enviar a primeira oferta de compra pelo zagueiro pois foram contatados por até cinco intermediários diferentes que afirmaram ter a procuração do zagueiro de 22 anos que foi titular do Peixe durante toda a temporada de 2017.

O fato fez com que o próprio atleta divulgasse uma nota para esclarecer quem são seus representantes antes que a negociação se encerre devido à confusão.

- Muito tem se falado nos últimos dias sobre negociações envolvendo o meu futuro e gostaria de fazer alguns esclarecimentos. Muitas pessoas têm se apresentado como meus empresários no mercado para favorecer seus próprios interesses. Isso, contudo, tem prejudicado o meu nome e o do meu verdadeiro agente. Gostaria de deixar bem claro que meus empresários são legalmente Marcos Ribeiro, da MGS Sport, e Aparecido Inácio, da AIRC Sport. Só eles respondem por mim e têm o poder de negociar qualquer tipo de contrato em meu nome, seja dentro do Santos ou em um eventual outro clube interessado no meu futebol. Hoje estou focado apenas em fazer uma boa pré-temporada no Santos e toda parte extracampo deixo na mão dos meus representantes. Qualquer outra pessoa que não tenha sido citada aqui não me representa e não tem nenhum tipo de autorização para conduzir algo em meu nome. Obrigado pela compreensão - escreveu Lucas em uma nota.

A primeira oferta do Spartak Moscou foi de 6 milhões de euros (R$ 24 milhões) e foi recusada pelo Santos. O presidente José Carlos Peres aumentou a pedida e não faz negócio por menos de 8 milhões de euros (R$ 32 milhões), além de 10% de uma futura negociação.

O Peixe é dono de 80% dos direitos econômicos do defensor, enquanto o próprio atleta detém 10% e a empresa MGS é dona de outros 10%. Lucas tem vínculo com o Peixe até junho de 2022.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance