Negócio com Benfica esfria, e Cittadini reavalia acordo no Santos
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Negócio com Benfica esfria, e Cittadini reavalia acordo no Santos

Léo Cittadini
Léo Cittadini volta a avaliar proposta de renovação do Santos (Foto: Ivan Storti)
Gabriela Brino - 08/09/2018 - 06:00
Santos (SP)
A negociação entre o Benfica (POR) e Léo Cittadini, meia do Santos, esfriou. Os portugueses brecaram as conversas e não explicaram os motivos para os agentes do jogador, segundo apurou o LANCE!.

Sem propostas de fora do Brasil, o camisa 19 volta a estudar a renovação com o Peixe. Seu contrato encerra em dezembro deste ano. A diretoria ofereceu R$ 150 mil de salário por mais quatro anos de vínculo, além de luvas.

Entretanto, o meia aguarda a chegada de um novo executivo de futebol, já que Ricardo Gomes deixou o cargo na semana passada, além da definição do impeachment do presidente José Carlos Peres. Uma votação será realizada na segunda-feira, em reunião do Conselho Deliberativo, para a aprovação do impedimento do mandatário.

Enquanto Léo não responde o acordo, a diretoria alvinegra faz jogo duro para mantê-lo fora do gramado. Porém, o técnico Cuca negou a situação na coletiva após o empate em 0 a 0 contra o Grêmio, na quinta-feira.

- Está machucado, por isso não está treinando por conta de uma torção no tornozelo. Não é represália por não renovar. Quando retornar, estará à disposição - disse.

Os agentes de Léo estão na expectativa de receber ofertas internacionais. Vale lembrar que o meia pode pode assinar um pré-contrato com qualquer clube e sair de graça em janeiro de 2019.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance